Casagrande: 31 de março é dia dos “golpistas covardes de 1964”

Protagonista da Democracia Corinthiana ao lado de Sócrates, ex-atacante do Corinthians lembrou "com orgulho dos que foram torturados" e traçou paralelo com governo "genocida, mentiroso e covarde" de Jair Bolsonaro

Sócrates e Walter Casagrande
Sócrates e Walter Casagrande (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Um dos principais expoentes da luta pela redemocratização no futebol, ao lado do “doutor” Sócrates, o comentarista Casagrande, ex-atacante da lendária Democracia Corinthiana, foi às redes sociais “lembrar com orgulho daqueles que foram torturados covardemente” pela ditadura militar.

“31 de março de 2021. Não temos nada para celebrar nesta data, porque representa o dia dos golpistas covardes de 1964. Militares que tinham medo da intelectualidade da juventude dos anos de 1960, 1970 e 1980. Hoje é dia de lembrar com orgulho daqueles que foram torturados covardemente, daqueles que foram mortos e daqueles que desapareceram”, escreveu Casão, em seu blog no Globoesporte.com.

Leia mais na Fórum.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email