Damares pede “cadeia imediatamente” para Robinho

O jogador é condenado em primeira instância na Itália por violência sexual contra uma mulher embriagada. No estágio atual do processo, entretanto, Robinho não pode ser preso no Brasil

Robinho e Damares
Robinho e Damares (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu "cadeia imediatamente" para o jogador Robinho, nesta segunda-feira, 19. O jogador é condenado em primeira instância na Itália por violência sexual contra uma mulher embriagada.

No estágio atual do processo, entretanto, Robinho não pode ser preso no Brasil. Quando as possibilidades de recursos se esgotarem, se a condenação for mantida, Brasil e Itália deverão chegar a um acordo sobre o cumprimento da pena.

"Cadeia imediatamente, não tenho outra palavra para falar. Ainda cabe recurso, mas o vazamento dos áudios, gente. Querem mais o quê? Cadeia. Nenhum estuprador pode ser aplaudido. O cara quer voltar para o campo para posar como herói", declarou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247