Federação Alemã de Futebol é investigada por evasão fiscal

Declaração falsa de receitas de publicidade pode ter levado a mais 4,7 milhões de euros não pagos

Policial caminha na entrada da sede da federação de futebol da Alemanha
Policial caminha na entrada da sede da federação de futebol da Alemanha (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A promotoria de Frankfurt lançou nesta quarta-feira uma investigação contra a Federação Alemã de Futebol (DFB) sob o pretexto de evasão fiscal. Entre 2014 e 2015, como reportado pela Reuters, a receita gerada pela publicidade em estádios foi disfarçada como “gestão de ativos”, que não é cobrado. Isso levou ao não pagamento de mais de 4,7 milhões de euros.

O presidente da DFB, Fritz Keller, prestou apoio às autoridades: “Sou a favor de lançar luz sobre isso para que o futebol tenha um futuro limpo”, disse ele aos repórteres. “Defendi abertura e transparência, portanto, o apoio do Estado a uma investigação só pode ser bem-vindo”.

A promotoria declarou em nota: “Com base nas investigações até agora há a suspeita de que os acusados sabiam da incorreção do imposto, mas o escolheram conscientemente para dar à DFB uma grande vantagem fiscal”, disse a promotoria em nota”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247