Goleiro Fábio dispara contra a diretoria cruzeirense após mais uma derrota: a equipe está “colhendo o que plantou”

O lendário goleiro cruzeirense desabafou após derrota contra o Sampaio Corrêa

www.brasil247.com -
(Foto: Washington Alves)


247 - O goleiro Fábio, do Cruzeiro, deu declarações fortes após a derrota da raposa contra o Sampaio Corrêa por 2 a 1 na última quinta-feira (8). Em 18º após 14 jogos, o Cruzeiro enfrenta o possibilidade real de rebaixamento para a Série C.

Na entrevista pós jogo, Fábio disse que a equipe mineira “está colhendo o que plantou” após anos de má gestão. 

“Estamos batendo na tecla desde o ano passado, os caras (torcedores) acham que a gente tem a caneta e pode resolver. Somos apenas simples funcionários, independente de quantos jogos eu tenho, o que eu posso fazer, eu faço. Às vezes, não dá certo, mas sempre entrego, luto e me dedico como todos hoje que entraram querendo a vitória, que, infelizmente, não veio. São coisas que a gente não pode explicar. Agora, isso é uma coisa que a gente sabia que seria difícil há muito tempo. Desde janeiro sabíamos que a situação não seria fácil, em todos os aspectos. Teve a pandemia e a gente continuou sabendo que ia se tornar mais complicado ainda depois que perdemos os seis pontos. O torcedor está sentido, querendo o resultado e eu entendo isso, mas são coisas que a gente plantou lá atrás”, disse o lendário goleiro do Cruzeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para Fábio, os títulos do passado esconderam o que ocorria nos bastidores do clube: “Má administração há muito tempo, os títulos escondem muita coisa, está aí pra todo mundo ver e agora está estourando em que ficou no Cruzeiro, que está aqui tentando fazer o máximo, que abriu mão de muita coisa e que está tentando fazer de tudo para que o clube volte logo a Série A”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O próximo desafio da raposa é enfrentar o Oeste fora de casa, neste domingo (11) às 16h (horário de Brasília). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email