Goleiro Fábio dispara contra a diretoria cruzeirense após mais uma derrota: a equipe está “colhendo o que plantou”

O lendário goleiro cruzeirense desabafou após derrota contra o Sampaio Corrêa

(Foto: Washington Alves)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O goleiro Fábio, do Cruzeiro, deu declarações fortes após a derrota da raposa contra o Sampaio Corrêa por 2 a 1 na última quinta-feira (8). Em 18º após 14 jogos, o Cruzeiro enfrenta o possibilidade real de rebaixamento para a Série C.

Na entrevista pós jogo, Fábio disse que a equipe mineira “está colhendo o que plantou” após anos de má gestão. 

“Estamos batendo na tecla desde o ano passado, os caras (torcedores) acham que a gente tem a caneta e pode resolver. Somos apenas simples funcionários, independente de quantos jogos eu tenho, o que eu posso fazer, eu faço. Às vezes, não dá certo, mas sempre entrego, luto e me dedico como todos hoje que entraram querendo a vitória, que, infelizmente, não veio. São coisas que a gente não pode explicar. Agora, isso é uma coisa que a gente sabia que seria difícil há muito tempo. Desde janeiro sabíamos que a situação não seria fácil, em todos os aspectos. Teve a pandemia e a gente continuou sabendo que ia se tornar mais complicado ainda depois que perdemos os seis pontos. O torcedor está sentido, querendo o resultado e eu entendo isso, mas são coisas que a gente plantou lá atrás”, disse o lendário goleiro do Cruzeiro.

Para Fábio, os títulos do passado esconderam o que ocorria nos bastidores do clube: “Má administração há muito tempo, os títulos escondem muita coisa, está aí pra todo mundo ver e agora está estourando em que ficou no Cruzeiro, que está aqui tentando fazer o máximo, que abriu mão de muita coisa e que está tentando fazer de tudo para que o clube volte logo a Série A”.

O próximo desafio da raposa é enfrentar o Oeste fora de casa, neste domingo (11) às 16h (horário de Brasília). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247