Isabel do Vôlei defende filha, Carol Solberg: “Os atletas são os protagonistas do espetáculo mas não podem se manifestar?”

Isabel vê a punição contra a filha como uma forma de prevenir que atletas se posicionem politicamente

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Isabel do Vôlei, ex-atleta e mãe da jogadora Carol Solberg, criticou fortemente a decisão do STJD de advertir a última por manifestação contra Jair Bolsonaro. Para Otacílio Araújo, o auditor do caso, a advertência é um “puxão de orelhas” para que Carol não repita as manifestações contra o presidente.

Segundo Isabel, “ganhar uma advertência é um recado para dizer: não se pode falar mais nada.” Ela questiona: “Os atletas são os protagonistas do espetáculo mas não podem se manifestar?”.

A pena máxima que chegou a ser considerada envolveria uma multa de cerca de R$ 100 mil e seis jogos de suspensão. 

No entanto, a advertência não foi vista de maneira positiva: “Acho que o recado desse julgamento foi muito negativo. Ao invés de a gente avançar nesse ponto, na liberdade de expressão, a gente continua sem avançar nada. A advertência é um recado não só para a Carol, mas para todos os atletas. Mas é um recado que não deveria ser aceito, na minha opinião”, disse Isabel ao Uol.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247