Jornalistas da Globo têm números vazados e são ameaçados de morte por torcedores do Santos que defendem Robinho

Ataques e ameaças de morte. É o que está acontecendo com jornalistas da Globo por causa de torcedores do Santos que estão do lado de Robinho no caso da condenação por esturpro

Símbolo da Globo e Robinho
Símbolo da Globo e Robinho (Foto: Reprodução | REUTERS/Paul Hanna)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pelo menos três jornalistas do Grupo Globo tiveram os seus números pessoais vazados em grupos de WhatsApp durante a semana e receberam ameaças de torcedores do Santos que defendem a contratação de Robinho pelo clube, mesmo depois de ter se tornado pública sua condenação por estupro na Itália.

Segundo reportagem do UOL, entre os ameaçados estão os jornalistas Rodrigo Capelo, especializado em negócios do esporte e que atua no Sportv, e o apresentador do programa "Tá na Área", do Sportv, Carlos Cereto. 

O caso mais grave aconteceu com Ana Thaís Matos, comentarista de futebol da emissora. Marília Ruiz, blogueira do UOL Esporte e comentarista da Band, também recebeu ameaças.

Os número pessoal de Ana Thaís foi jogado em diversos grupos de apoio  à contratação de Robinho pelo Santos. A comentarista chegou a receber ligações e mensagens com ameaças contra sua integridade física. 

Outros jornalistas tiveram seus contatos vazados e tiveram que bloquear as contas no WhatsApp. Segundo a reportagem, a rede Globo está ofertando auxílio jurídico para todos os jornalistas atacados. Os ataques já foram registrados na Polícia especializada em crimes virtuais para investigação.

Além de profissionais da Globo, a jornalista Marília Ruiz relatou que recebeu 60 ameaças de morte e registrou Boletim de Ocorrência.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247