Justiça procura Piquet para notificá-lo sobre ação por comentários racistas e homofóbicos

Apenas depois de citado é que se abrirá prazo de 15 dias para que Nelson Piquet apresente uma eventual contestação

www.brasil247.com - Nelson Piquet e Lewis Hamilton
Nelson Piquet e Lewis Hamilton (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil | Reuters)


247 - Oficiais da Justiça não conseguem encontrar o ex-piloto de Fórmula 1, Nelson Piquet, para notificá-lo sobre o processo em que ele é acusado de racismo e homofobia contra o heptacampeão inglês Lewis Hamilton. 

O juiz Felipe Costa da Fonseca Gomes, da 20ª Vara Cível de Brasília, entendeu que não se deve tentar uma conciliação com o ex-piloto e determinou a imediata citação de Piquet. O problema é que as autoridades não sabem o paradeiro do ex-atleta para que ele tome ciência formal do processo.

A ação pode gerar uma condenção de R$ 10 milhões em danos morais coletivos e danos sociais. Apenas depois de citado é que se abrirá prazo de 15 dias para que Nelson Piquet apresente uma eventual contestação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Piquet usou um termo racista para se referir a Hamilton em entrevista em novembro de 2021, que veio à tona em junho. Piquet chama Hamilton de "neguinho" ao comentar uma das corridas do piloto britânico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email