200 presos conseguem escapar de presídio em Alagoas

Cerca de 200 detentos realizaram uma fuga em massa na manhã deste sábado (28) no presídio Cyridião Durval, em Maceió, segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL), Jarbas Souza. Homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes penitenciários fazem buscas. Familiares dos presos bloquearam a BR-104 para cobrar informações sobre mortes. Secretário de Defesa Social, Dário César contesta números, afirma que os presidiários tiveram apoio externo e que abrirá sindicância para apurar ausência de agentes penitenciários.

Cerca de 200 detentos realizaram uma fuga em massa na manhã deste sábado (28) no presídio Cyridião Durval, em Maceió, segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL), Jarbas Souza. Homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes penitenciários fazem buscas. Familiares dos presos bloquearam a BR-104 para cobrar informações sobre mortes. Secretário de Defesa Social, Dário César contesta números, afirma que os presidiários tiveram apoio externo e que abrirá sindicância para apurar ausência de agentes penitenciários.
Cerca de 200 detentos realizaram uma fuga em massa na manhã deste sábado (28) no presídio Cyridião Durval, em Maceió, segundo o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL), Jarbas Souza. Homens do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes penitenciários fazem buscas. Familiares dos presos bloquearam a BR-104 para cobrar informações sobre mortes. Secretário de Defesa Social, Dário César contesta números, afirma que os presidiários tiveram apoio externo e que abrirá sindicância para apurar ausência de agentes penitenciários. (Foto: Voney Malta)

Alagoas247 - Cerca de 200 detentos fugiram na manhã deste sábado (28) do presídio Cyridião Durval, na Cidade Universitária, em Maceió. A quantidade de fugitivos, que teriam seguido em direção ao conjunto habitacional Inocoop, no Eustáquio Gomes, foi informada pelo presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL), Jarbas Souza. Houve troca de tiros entre os presos e policiais militares, sendo que três dos que fugiam teriam sido assassinados. Um carro e uma moto teriam dado apoio e cobertura a fuga dos criminosos. Familiares dos presos bloquearam a rodovia BR-104 e cobram informações sobre as mortes.

 De acordo com Jarbas Souza, os detentos que fugiram eram do módulo 4 do Cyridião Durval. Todos os fugitivos teriam pulado o muro da unidade prisional. A morte dos três presos durante troca de tiros teria ocorrido ainda dentro do presídio. Mas a assessoria de comunicação da Superintendência Geral de Administração Peniteciária (SGAP) nega a informação sobre a morte dos detentos e afirma que um preso foi baleado durante a fuga e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE). Já o supervisor do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), tenente Egídio afirma que há um detento morto em uma área que fica entre a cerca e uma área verde no entorno da unidade prisional.

 O presidente do Sindapen/AL Jarbas Souza critica o número de agentes penitenciários por turno no Sistema Prisional. Para ele, o baixo efetivo estimula as fugas da penitenciária. "São 4 agentes para 200 presos. Esta quantidade é insuficiente para atender a demanda. O Sindicato vai comvocar assembleia e exigir a realização de concurso", afirmou.

A assessoria da SGAP não confirma o número de presos que conseguiram fugir, pois ainda está sendo realizada a contagem no Sistema. Segundo a assessoria o número de fugitivos é inferior ao divulgado pelo Sindapen. Seis guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes penitenciários realizam buscas na região. Dois helicópteros sobrevooam a área em busca dos fugitivos. 

Guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes penitenciários fazem buscas na região. Dois helicópteros dão suporte a ação de recaptura e sobrevoam a área.

Secretário contesta números

O secretário de Estado de Defesa Social Dário César informou que 39 detentos conseguiram fugir da penitenciária Cyridião Durval, na tarde deste sábado (28), no bairro Cidade Universitária, em Maceió. De acordo com Dário César, treze presidiários foram recaputurados em ações do Batalhão de Operações Policiais Especiais e da Força Nacional.

Segundo o secretário, no momento 128 reeducando estão no módulo 4 do Sistema Prisional. Dário César também afirmou que os presidiários tiveram apoio externo na fuga e que a ausência de seis agentes penitenciários no momento da fuga dificultou a abordagem da ação criminosa. "Temos vinte e seis detentos em fuga; cinco fugitivos estão no HGE. Não foi uma fuga fácil, eles tiveram apoio externo. Seis agentes faltaram ao plantão, o que dificultou na ação para inibição da fuga", disse Dário César. A Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP) irá abrir sindicância para apurar o motivo das faltas.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247