43 anos depois, Santos tenta repetir conquista de Era Pelé

Conquista de trs ttulos estaduais consecutivos pode ser concretizada se equipe de Neymar vencer a final diante do Guarani

43 anos depois, Santos tenta repetir conquista de Era Pelé
43 anos depois, Santos tenta repetir conquista de Era Pelé (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lucas Reginato _247 - Ao vencer o São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista, o Santos ficou mais próximo de reviver feito que desde Pelé nenhuma equipe do estado já alcançou – levantar por três vezes consecutivas o troféu estadual em São Paulo é feito inalcançado desde que o Rei comandou a conquista nos anos de 67, 68 e 69.

Para chegar ao feito inédito, a equipe tem o primeiro desafio neste domingo diante do Guarani, surpresa na final após eliminar Palmeiras e Ponte Preta na fase de mata-mata. Diante de tal cenário, a equipe praiana não rejeita o favoritismo. “Favorito é claro que é o Santos, mas isso fica apenas do lado de fora do gramado”, alertou Neymar.

Sem grande repercussão, outra marca impressionante pode ser obtida caso os alvinegros sejam campeões. O zagueiro Durval, que desembarcou no clube em 2010, pode chegar a dez títulos estaduais em sequência – ele já foi campeão em Pernambuco, no Distrito Federal, no Paraná e na Paraíba.

Os dois jogos da final vão ser realizados no Morumbi, na capital do estado, mesmo que nenhum dos dois times seja de lá. Os primeiros 90 minutos serão disputados neste domingo, sendo a etapa final no domingo da próxima semana – que será lembrado como zebra bugrina ou marca histórica do Santos.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247