Acidentes: PRF registra queda de 46%

Realizada em todo o Brasil, em Alagoas a Operação Semana Santa 2016 registrou sete acidentes, oito feridos e um óbito, uma redução de 43% em comparação com o feriadão de 2015; a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu onze pessoas durante as fiscalizações nas rodovias federais alagoanas por embriaguez ao volante, porte ilegal de arma de fogo, receptação de veículo roubado, roubo, uso de documento falso e estupro

Realizada em todo o Brasil, em Alagoas a Operação Semana Santa 2016 registrou sete acidentes, oito feridos e um óbito, uma redução de 43% em comparação com o feriadão de 2015; a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu onze pessoas durante as fiscalizações nas rodovias federais alagoanas por embriaguez ao volante, porte ilegal de arma de fogo, receptação de veículo roubado, roubo, uso de documento falso e estupro
Realizada em todo o Brasil, em Alagoas a Operação Semana Santa 2016 registrou sete acidentes, oito feridos e um óbito, uma redução de 43% em comparação com o feriadão de 2015; a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu onze pessoas durante as fiscalizações nas rodovias federais alagoanas por embriaguez ao volante, porte ilegal de arma de fogo, receptação de veículo roubado, roubo, uso de documento falso e estupro (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, na noite desse domingo (27), a Operação Semana Santa 2016. As atividades tiveram início na quinta-feira (24) e foram realizadas em todo o Brasil. Em Alagoas, nos quatro dias de operação, a PRF registrou sete acidentes, oito feridos e um óbito, uma redução de 43% em comparação com o feriadão de 2015, quando ocorreram 13 acidentes que deixaram 17 pessoas feridas e dois mortos nas rodovias federais do estado. 

De acordo com a PRF,  no início das atividades, na quinta-feira, uma colisão traseira entre um Fiat Uno e um caminhão deixou uma mulher, de 57 anos, morta e outras três pessoas que estavam no mesmo carro gravemente feridas. Entre as vítimas estava uma criança de 7 anos. O sinistro ocorreu entre as cidades de Novo Lino e Joaquim Gomes, na BR-101. 

Também na quinta, um acidente na BR-316, em Satuba, envolvendo um ônibus e um Corsa Classic, deixou uma família em estado de choque. O veículo de passeio, onde estavam pai, mãe e três filhos, colidiu frontalmente com o coletivo. Apesar do grande susto, todos passam bem.

Já na noite da sexta, por volta das 20h, uma carreta tipo cegonha, carregada com nove veículos, bateu em outro caminhão, na BR-101, em Flexeiras. Os dois motoristas ficaram feridos. Devido às grandes dimensões do caminhão cegonha, o trabalho de guinchamento só pode ser iniciado na manhã do sábado. As equipes da PRF permaneceram no local por cerca de 14 horas fazendo a sinalização e orientando os usuários até que o tráfego pudesse ser totalmente liberado.

De acordo com os policiais rodoviários federais que registraram o acidente, o caminhão cegonha não poderia estar circulando à noite naquele trecho. Pela legislação vigente, quando esse tipo de veículo está carregado, ele só pode trafegar em vias de pista simples entre o nascer e o por-do-sol. O motorista foi autuado. Outros quatro acidentes de menor gravidade, sem vítimas ou cujos feridos tiveram apenas lesões leves, foram registrados na BR-101, nos municípios de Messias e São Miguel dos Campos, e na BR-104, em Rio Largo e em União dos Palmares.

Alcoolemia e combate ao crime

Durante o feriado da Semana Santa, a PRF prendeu onze pessoas durante as fiscalizações nas rodovias federais de Alagoas. Entre as ocorrências registradas estão embriaguez ao volante, porte ilegal de arma de fogo, receptação de veículo roubado, roubo, uso de documento falso e estupro.

Nos quatro dias de operação, a PRF realizou cerca de 600 testes de alcoolemia e flagrou dez pessoas dirigindo sob efeito de álcool. Quatro delas, além de serem penalizadas com multa de R$ 1.915, sete pontos na carteira e suspensão do direito de dirigir, também foram presas por estarem com índice de teor alcoólico acima de 0,30 mg/l, conduta considerada crime pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Três das quatro prisões de alcoolemia aconteceram na BR-316, em Palmeira dos Índios, Satuba e Atalaia. Já o quarto acusado foi abordado na BR-101, em São Sebastião. Os índices de alcoolemia variaram entre 0,65mg/l e 0,96mg/l. Três dos quatro presos estavam pilotando motocicletas. Dois estavam sem fazer o uso do capacete e um deles não possuía habilitação. Entre as demais ocorrências, duas merecem maior destaque. Uma aconteceu na quinta, na BR-101, em Luziápolis, e outra na noite do domingo, na BR-316, em Satuba.

De acordo com os policiais que participaram da ação na quinta-feira, um motociclista se aproximou da viatura da PRF, que estava em ronda na rodovia federal, e avisou que cinco motoristas de caminhões haviam tentado colocá-lo para fora da pista. Ao fazer a denúncia, o rapaz, que tem 40 anos, afirmou que caso os policiais não fizessem nada, ele iria "dar uns tiros" nos caminhoneiros. Devido à declaração do usuário, ele foi revistado. Com o suspeito foi encontrado um revólver cal. 38 e 18 munições intactas. Como não possuía autorização para andar armado, ele foi preso.

Apesar de resistir à ordem e desacatar os agentes, o acusado foi contido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de São Miguel dos Campos, onde ficou detido. Já na noite do domingo, a PRF prendeu um homem, de 26 anos, flagrado após estuprar uma mulher, às margens da BR-316, em Satuba. Uma equipe da PRF estava realizando ronda na rodovia quando avistaram a vítima desesperada, acenando para os agentes. A viatura retornou para verificar o que estava acontecendo e os policiais encontraram a mulher com uma calcinha e um sutiã na mão e o acusado tentando dar partida em uma motocicleta.

Quando os policiais se aproximaram, a mulher estava em choque. O suspeito disse aos policiais que ela era namorada dele, mas ao afastarem a vítima do seu algoz, a mulher conseguiu falar o que realmente estava acontecendo.

A vítima, de 43 anos, relatou que estava com seu esposo, na saída de Maceió, quando dois homens, um deles armado, se aproximaram em duas motocicletas. Um dos suspeitos roubou a mala que o casal carregava e o outro obrigou a mulher a subir na sua garupa. Ela relatou, ainda, que o primeiro motociclista seguiu viagem, levando a sua bagagem, e que o segundo havia parado naquele local, a levado para dentro do mato, e a estuprado. O estuprador foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes, em Maceió/AL.

Com gazetaweb.com e assessoria

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247