ACM Neto diz que aumentou investimento em saúde ‘mesmo com a crise’

O prefeito ACM Neto (DEM) aproveitou encontro com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e com demais gestores municipais para fazer um balanço das 'realizações feitas no setor desde 2013'; no evento, que aconteceu no Hospital Aristides Maltez, em Salvador, nesta quinta, o democrata afirmou que "somente nos últimos quatro anos Salvador conseguiu ampliar o orçamento da saúde de 15% para quase 20%"; "Com essas e outras ações, elevamos de 18% para cerca de 50% a cobertura da atenção básica", disse o prefeito

O prefeito ACM Neto (DEM) aproveitou encontro com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e com demais gestores municipais para fazer um balanço das 'realizações feitas no setor desde 2013'; no evento, que aconteceu no Hospital Aristides Maltez, em Salvador, nesta quinta, o democrata afirmou que "somente nos últimos quatro anos Salvador conseguiu ampliar o orçamento da saúde de 15% para quase 20%"; "Com essas e outras ações, elevamos de 18% para cerca de 50% a cobertura da atenção básica", disse o prefeito
O prefeito ACM Neto (DEM) aproveitou encontro com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e com demais gestores municipais para fazer um balanço das 'realizações feitas no setor desde 2013'; no evento, que aconteceu no Hospital Aristides Maltez, em Salvador, nesta quinta, o democrata afirmou que "somente nos últimos quatro anos Salvador conseguiu ampliar o orçamento da saúde de 15% para quase 20%"; "Com essas e outras ações, elevamos de 18% para cerca de 50% a cobertura da atenção básica", disse o prefeito (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O prefeito  ACM Neto (DEM) aproveitou encontro com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e com demais gestores municipais para fazer um balanço das 'realizações feitas no setor desde 2013'.

No evento, que aconteceu no auditório do Hospital Aristides Maltez, em Salvador, nesta quinta-feira (5), o democrata afirmou que "somente nos últimos quatro anos Salvador conseguiu ampliar o orçamento da saúde de 15% para quase 20%". "Com essas e outras ações, elevamos de 18% para cerca de 50% a cobertura da atenção básica", disse o prefeito.

Ainda de acordo com ACM Neto, entre 2013 e 2016 a prefeitura contratou 3.700 profissionais ligados à saúde e Salvador passou de apenas uma unidade de Pronto-Atendimento (UPA) para nove, além da reforma ou construção de mais de 160 unidades e criação de quatro multicentros.

Depois de agradecer ao ministro Ricardo Barros pela liberação de R$ 50 milhões, em parcela única, para o setor de saúde, ACM Neto disse que "apesar da crise, a prefeitura está intensificando as obras do primeiro Hospital Municipal da cidade, na Boca da Mata, com investimento de R$ 120 milhões".

"O orçamento da Saúde para este ano é, no mínimo, R$ 550 milhões a mais do que a Prefeitura empregou em 2012, último ano da gestão anterior", afirmou o prefeito.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247