ACM Neto recebe Lúcio Vieira Lima para fechar eleição

O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) recebeu em seu gabinete o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB), irmão de Geddel, ex-ministro de Michel Temer, preso em Brasília; Lúcio e Geddel são investigados pelo bunker com R$ 51 milhões encontrados em Salvador na maior apreensão de dinheiro vivo da história do País; por isso a presença de Lúcio no MDB e na base de apoio da oposição é vista como negativa e há quem defenda que ele deixe a sigla para não contaminar Neto

O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) recebeu em seu gabinete o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB), irmão de Geddel, ex-ministro de Michel Temer, preso em Brasília; Lúcio e Geddel são investigados pelo bunker com R$ 51 milhões encontrados em Salvador na maior apreensão de dinheiro vivo da história do País; por isso a presença de Lúcio no MDB e na base de apoio da oposição é vista como negativa e há quem defenda que ele deixe a sigla para não contaminar Neto
O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) recebeu em seu gabinete o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB), irmão de Geddel, ex-ministro de Michel Temer, preso em Brasília; Lúcio e Geddel são investigados pelo bunker com R$ 51 milhões encontrados em Salvador na maior apreensão de dinheiro vivo da história do País; por isso a presença de Lúcio no MDB e na base de apoio da oposição é vista como negativa e há quem defenda que ele deixe a sigla para não contaminar Neto (Foto: Voney Malta)

Bahia 247 – O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), está fazendo neste final de semana uma rodada de conversas com deputados, vereadores e partidos políticos. A expectativa é que ele defina se será ou não candidato ao governo da Bahia.

Na noite desta sexta-feira (16), ele recebeu em seu gabinete, no Palácio Thomé de Souza, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), irmão do ex-ministro Geddel, preso após ter sido encontrado mais de R$ 50 milhões em um apartamento em Salvador.

Após o encontro, Lúcio disse que o tom da conversa foi amistosa e positiva, mas não confirmou se ACM Neto será ou não candidato ao governo. Nas últimas semanas vários emedebistas especulam que vão deixar o partido caso Lúcio vieira Lima continue filiado.

Além disso, dizem que o prefeito gostaria que o deputado deixasse a sigla e se filiasse a outra dentro da base de apoio da oposição. O temor é que a candidatura de ACM Neto, com a presença de um membro da família Vieira Lima, contamine a imagem do prefeito.

Leia a reportagem na íntegra de João Brandão no Bahia Notícias (aqui).

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247