ACM: ‘Quem tem que mudar a política é a política’

Avaliando o cenário político incendiado após a divulgação de escutas telefônicas entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff; o prefeito ACM Neto disse nesta sexta-feira que a política "deve ser mudada" por ela própria, sem interferência do Poder Judiciário; "Quem tem que mudar a política é a politica. Nós temos que mudar a política através da política. Existem homens e mulheres de bem em diversos partidos desse país com a capacidade de criar uma sintonia necessária com a sociedade"

ACM Neto
ACM Neto (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Presente à cerimônia de filiação do deputado federal Uldurico Junior ao Partido Verde (PV) nesta sexta-feira (18), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), avaliou o cenário político incendiado após a divulgação de escutas telefônicas entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff.

Para o líder democrata nordestino, a política "deve ser mudada" por ela própria, sem interferência do Poder Judiciário.

"Quem tem que mudar a política é a politica. Nós temos que mudar a política através da política. Existem homens e mulheres de bem em diversos partidos desse país com a capacidade de criar uma sintonia necessária com a sociedade".

Apesar do discurso inicialmente ameno, ACM Neto não perdeu a oportunidade de atacar o governo federal, que, segundo ele, "virou as costas para a prefeitura de Salvador", e pediu que "os líderes de Brasília coloquem um ponto final em tudo isso". Traduzindo, o prefeito pede o impeachment da presidente Dilma.

"O que eu mais vejo nas minhas andanças por Salvador é o desespero das pessoas que não sabem como é que vão pagar as contas no fim do mês. E é em nome dessas pessoas que faço um apelo para os nosso lideres de Brasília, que coloquem um ponto final nessa crise, que comecem a construir um novo momento para a politica do brasil. Aqui a prefeitura sofre, como sofre o cidadão".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247