Acrísio convoca reunião para discutir poluição da Praia do Futuro

Após a notícia de que 100% da Praia do Futuro está imprópria para banho, o vereador Acrísio Sena (PT) convocou reunião para discutir a questão na próxima segunda-feira (2). "Não é possível que uma cidade como a nossa, que respira turismo, tenha pouco mais de dois quilômetros de balneabilidade de um total de 34 quilômetros de orla", lamentou

Após a notícia de que 100% da Praia do Futuro está imprópria para banho, o vereador Acrísio Sena (PT) convocou reunião para discutir a questão na próxima segunda-feira (2). "Não é possível que uma cidade como a nossa, que respira turismo, tenha pouco mais de dois quilômetros de balneabilidade de um total de 34 quilômetros de orla", lamentou
Após a notícia de que 100% da Praia do Futuro está imprópria para banho, o vereador Acrísio Sena (PT) convocou reunião para discutir a questão na próxima segunda-feira (2). "Não é possível que uma cidade como a nossa, que respira turismo, tenha pouco mais de dois quilômetros de balneabilidade de um total de 34 quilômetros de orla", lamentou (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - O vereador Acrísio Sena (PT) convocou reunião para discutir a questão da balneabilidade na Praia do Futuro, que atualmente encontra-se 100% imprópria para banho. O encontro está marcado para a próxima segunda (2), na Sala das Comissões da Câmara Municipal. Serão convidados representantes da Seuma, Semace, Cagece, Regional II, SPU e da Associação dos Empresários das Barracas da Praia do Futuro.

"Não é possível que uma cidade como a nossa, que respira turismo, tenha pouco mais de dois quilômetros de balneabilidade de um total de 34 quilômetros de orla", lamentou.

Na sua opinão, esse tipo de quadro "compromete a imagem de Fortaleza em todo o país e temos obrigação de resolver este problema com o máximo de urgência, sob pena de comprometer a saúde da população e toda a cadeia de investimentos do trade turístico".

(Com informações do Blog do Eliomar)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email