Aécio: “não me faltará determinação e coragem”

PSDB lança pré-candidatura de Aécio Neves à Presidência da República e anuncia para 14 de junho convenção nacional do partido que irá oficializar o nome do senador para concorrer ao Planalto; "Houve uma indicação do meu nome. Essa é e deverá ser sempre uma construção coletiva em favor do Brasil e do partido e não me faltará determinação e coragem para apresentar uma agenda nova aos brasileiros, em que ética e coerência podem caminhar junto", afirmou o parlamentar; Executiva Nacional aprovou, durante o evento em Brasília, carta intitulada "Um novo tempo para o Brasil. Um novo Brasil para os brasileiros"

PSDB lança pré-candidatura de Aécio Neves à Presidência da República e anuncia para 14 de junho convenção nacional do partido que irá oficializar o nome do senador para concorrer ao Planalto; "Houve uma indicação do meu nome. Essa é e deverá ser sempre uma construção coletiva em favor do Brasil e do partido e não me faltará determinação e coragem para apresentar uma agenda nova aos brasileiros, em que ética e coerência podem caminhar junto", afirmou o parlamentar; Executiva Nacional aprovou, durante o evento em Brasília, carta intitulada "Um novo tempo para o Brasil. Um novo Brasil para os brasileiros"
PSDB lança pré-candidatura de Aécio Neves à Presidência da República e anuncia para 14 de junho convenção nacional do partido que irá oficializar o nome do senador para concorrer ao Planalto; "Houve uma indicação do meu nome. Essa é e deverá ser sempre uma construção coletiva em favor do Brasil e do partido e não me faltará determinação e coragem para apresentar uma agenda nova aos brasileiros, em que ética e coerência podem caminhar junto", afirmou o parlamentar; Executiva Nacional aprovou, durante o evento em Brasília, carta intitulada "Um novo tempo para o Brasil. Um novo Brasil para os brasileiros" (Foto: Gisele Federicce)

247 – A Executiva Nacional do PSDB, reunida nesta terça-feira 22 em Brasília, lançou a pré-candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República e aprovou uma carta intitulada "Um novo tempo para o Brasil. Um novo Brasil para os brasileiros", que diz que Aécio é a alternativa para as mudanças que a população brasileira deseja. O documento, que contou com as assinaturas dos 27 presidentes regionais e representantes dos segmentos tucanos, foi lido pelo vice-presidente do PSDB, deputado federal Bruno Araújo (PE).

"Houve uma indicação do meu nome. Essa é e deverá ser sempre uma construção coletiva em favor do Brasil e do partido e não me faltará determinação e coragem para apresentar uma agenda nova aos brasileiros, em que ética e coerência podem caminhar junto", afirmou Aécio Neves. O nome de quem disputará a Presidência como vice, ao lado do senador tucano, ainda não foi escolhido e, segundo Aécio, não há "pressa" para a definição. "Temos até o tempo da convenção, temos muitos nomes muito qualificados", disse.

Questionado sobre a possibilidade de ter uma mulher como candidata a vice, Aécio afirmou que "não fará uma campanha centrada nessa questão de gênero", mas que se tiver o nome de uma mulher para a disputa "tudo bem, ficará até mais agradável o convívio". O parlamentar também comentou sobre a força dos tucanos nas eleições: "não há nenhum partido que tenha hoje palanque tão expressivo como o PSDB, temos candidaturas expressivas em 80% dos estados. Estamos absolutamente felizes com a construção".

O encontro também tinha como objetivo definir as candidaturas próprias e o apoio do PSDB nos estados. As chapas serão oficializadas em junho. "Definimos pela data de 14 de junho a partir das 10h a convenção nacional do PSDB que vai definir a candidatura oficial do partido. É uma decisão consensual do partido e uma homenagem ao governador Alckmin e a importância de são Paulo para a configuração política", declarou o pré-candidato. Leia abaixo a íntegra da carta aprovada pelo PSDB e lida durante o evento:

Um novo tempo para o Brasil
Um novo Brasil para os brasileiros

Senador Aécio Neves,

A grande maioria dos brasileiros vem manifestando um claro desejo de ver mudanças importantes acontecerem no país. Para onde quer que se olhe, percebe-se que os anos de um regime de improviso, compadrio e ineficiência têm custado muito caro ao Brasil. Nós, brasileiros, queremos ter o país que merecemos ter. Queremos um Brasil solidário: Que não se conforme com a administração diária da pobreza do seu povo, mas busque de forma concreta as condições para a sua superação; que tire das sombras as escolas esquecidas e os hospitais precários e trate com respeito nossos jovens e idosos. Queremos um Brasil corajoso:

Um Brasil em que o governo central articule e assuma com coragem a liderança do enfrentamento da grave situação de violência e criminalidade que, de forma covarde, rouba vidas de milhares de brasileiros.

Queremos um governo que assuma suas responsabilidades:

Que não permita que sua participação no financiamento da saúde dos brasileiros continue caindo ano a ano. Que apoie, de verdade – e não apenas na propaganda -, quem mais precisa e menos tem.

Queremos um país que saiba que a educação é a porta de libertação e emancipação de um povo:

Que não aceite conviver com o analfabetismo; que faça da melhoria da qualidade do ensino público brasileiro verdadeira causa nacional.

Queremos um país responsável:

Que não tolere a presença da inflação, que respeite contratos e busque a valorização dos salários.

Um país que garanta a autonomia de suas instituições e preserve a todo custo as liberdades – que rechace todo tipo de censura e qualquer que seja o nome em que venha disfarçada.

Queremos um país em que estados e municípios não sejam vistos como inimigos a quem se transfere responsabilidades e se negam as condições necessárias para assumi-las.

Que busque no desenvolvimento sustentável um paradigma coletiva e ele seja a moldura para o nosso futuro.

O Brasil está cansado de desvios e mazelas que se repetem indefinidamente, dos escândalos de corrupção em série.

Queremos sentir confiança e orgulho do nosso país!

E para que esse sonho de Brasil possa um dia ser realidade, nós, representantes de todas as direções estaduais do nosso partido, manifestamos, unanimemente, a nossa confiança na sua liderança e o nosso apoio ao seu nome e propomos que a Comissão Executiva Nacional o submeta à convenção nacional, como nosso candidato à Presidência da República.

As bases do PSDB reafirmam sua unidade política, seu entusiasmo e sua disposição à luta.

Estamos prontos para, ao lado de milhões de brasileiros, dar nossa contribuição na travessia para um novo Brasil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247