“Aécio Neves inventou o Marcio Lacerda”

Ao 247, presidente do PSDB em Minas, e principal interlocutor do senador Aécio Neves no estado, o deputado federal Marcus Pestana garante que não há qualquer possibilidade de rompimento político com o prefeito de Belo Horizonte. E também diz que os tucanos não vão aceitar "qualquer nome" do PT para a vice nas eleições de outubro

“Aécio Neves inventou o Marcio Lacerda”
“Aécio Neves inventou o Marcio Lacerda” (Foto: Divulgação)

Minas 247 - O presidente do PSDB em Minas Gerais, deputado federal Marcus Pestana, garante: não há qualquer possibilidade de rompimento político entre o senador Aécio Neves, também tucano, e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB). Nos últimos dias, circularam rumores, principalmente na imprensa, de que Aécio estaria estimulando, nos bastidores, a candidatura à Prefeitura de Belo Horizonte do deputado estadual do PV, Délio Malheiros.

Na verdade, não apenas rumores. O PV é aliado das antigas do governo tucano em Minas, desde a primeira gestão de Aécio, entre 2003 e 2006. Délio Malheiros, por sua vez, é pessoalmente ligado ao senador de Minas e amigo de longa data da irmã Andrea Neves. Politicamente, é interessante ao presidenciável tucano que existam nomes que impeçam o fortalecimento excessivo de Marcio Lacerda no cenário estadual, uma vez que ele é franco favorito, com apoio de uma chapa de cerca de 20 partidos - incluindo PT e PSDB -, para ser prefeito da capital mineira em novo mandato.

“Aécio foi quem inventou o Lacerda”, diz Pestana, o principal interlocutor do senador na política mineira, em entrevista ao 247. “O Pimentel ajudou, claro, mas apenas secundariamente.” Fernando Pimentel, do PT, atual ministro do Desenvolvimento, era prefeito de BH e foi um dos idealizadores da aliança entre petistas e tucanos, a favor de Lacerda, em 2008. Para Pestana, não “faz qualquer sentido, nem político, nem pessoal, nem lógico”, falar em apoio do ex-governador mineiro a qualquer candidatura que não a de Lacerda. “Repito que o prefeito é cria do Aécio, ambos são ligados muito fortemente politicamente.”

Entre abril de 2007 e maio de 2008, Lacerda foi secretário de Desenvolvimento Econômico em Minas, atendendo a um convite do próprio Aécio Neves. Na época muito ligado ao ex-ministro de Lula Ciro Gomes, Lacerda era a ponte necessária ao tucano para estreitar ainda os laços com Ciro e com o PSB. Não à toa, foi guindado à Prefeitura de BH meses depois.

Pestana também descarta qualquer chance de o PSDB compor a chapa com o PT também para a eleição de vereadores. “Isso só ocorreria se o PT não indicasse o candidato a vice-prefeito”, afirma o deputado federal. Sobre o vice, a propósito, o presidente dos tucanos em Minas também foi enfático: “Não aceitaremos qualquer nome do PT”, garantiu ao 247. “A experiência passada mostra que tem de ser alguém que acredite de fato na aliança a favor do Lacerda.” Ele se refere ao atual vice-prefeito, Roberto Carvalho, que brigou com o prefeito no ano passado e hoje lidera o bloco de resistência dos petistas à aliança com o PSDB. O deputado estadual petista André Quintão, por exemplo, é um nome descartado, embora sempre apontado como um dos candidatos a candidato a vice.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247