Aécio pode desafiar Dilma e Lula?

Senador mineiro tenta construir um novo discurso político e econômico para tentar levar os tucanos de volta ao Palácio do Planalto, após dez anos de PT. É uma missão possível?

Aécio pode desafiar Dilma e Lula?
Aécio pode desafiar Dilma e Lula? (Foto: Alan Marques/0621 FOLHAPRESS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas247 - A oposição ao governo Dilma Rousseff destacou um nome no fim de 2012: Aécio Neves (PSDB). E com o senador mineiro que o PSDB de Sérgio Guerra e Fernando Henrique Cardoso pretende interromper a série de governos do PT no plano federal. A opção é boa? Aécio é um nome forte o bastante para bater a dupla Dilma e Lula? Estaria se expondo demais ao se candidatar logo em 2014 ou, pelo contrário, sairia melhor da corrida eleitoral mesmo com uma derrota?

Independentemente da dúvida, Aécio será o candidato tucano em 2014. E tenta construir um novo discurso, tanto no campo político como econômico. De um lado, tem defendido uma postura federalista, com maior autonomia para estados e municípios. Por outro, condena o suposto excesso de intervencionismo da política econômica – uma bandeira que não é necessariamente popular, como se viu no embate das contas de luz, que confrontou as posições do governo federal e, sobretudo, de Minas.

2014, no entanto, talvez seja a última chance para o PSDB se apresentar ao país como alternativa real de poder ao país e a eventuais aliados políticos. Por isso mesmo, entre o Natal e o Ano Novo, Aécio se reuniu com os economistas do Plano Real, como Pedro Malan, Edmar Bacha e Armínio Fraga, para tentar articular um novo discurso econômico. Outra tarefa difícil num país em que, a despeito do "pibinho", o desemprego é o menor em dez anos.

Aécio não é favorito, mas a história tem mostrado que ele tem estrela, faro e sagacidade política. E a estratégia tucana também tentará fazer com que, em 2014, se apresentem vários candidatos, para, ao menos, garantir um segundo turno – o que aumentaria as possibilidades de uma eventual surpresa.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email