Aeroportos mineiros vão ganhar R$ 235 mi

Dinheiro vai atender 17 terminais do estado, 14 deles contando atualmente com aviação comercial regular. Aeroporto de Confins, na Grande BH, terá preferência, e ainda receberá o dinheiro previsto no edital de concessão à iniciativa privada, cujo leilão deve ocorrer em setembro

Aeroportos mineiros vão ganhar R$ 235 mi
Aeroportos mineiros vão ganhar R$ 235 mi
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O governador Antonio Anastasia (PSDB) anunciou no fim da manhã desta terça-feira (08/01) investimentos de R$ 235 milhões para a melhoria da malha aeroportuária de 17 aeroportos de Minas Gerais. As intervenções serão realizadas no decorrer deste ano e em 2014. Os investimentos vão dar continuidade ao Programa Aeroportuário do Estado de Minas Gerais (ProAero) que, desde 2003, destinou cerca de R$ 369 milhões à construção e reforma de aeroportos em todas as regiões do estado, que tem hoje 93 terminais aeroportuários, sendo 14 com aviação comercial regular.

 A presidente Dilma Rousseff afirmou na segunda-feira que os editais de licitação dos aeroportos de Confins, na Grande BH, e do Galeão, no Rio de Janeiro, deverão ser publicados em agosto e que os leilões deverão ocorrer em setembro. A previsão do governo federal é que as empresas vencedoras invistam em torno de R$ 11 bilhões nos dois terminais. Na avaliação da presidente, o país precisa investir "mais do que nunca" na modernização de seus quase 700 aeroportos, por onde passaram cerca de 180 milhões de passageiros no ano passado. Para essas novas concessões, Dilma destacou que o Planalto exigirá que as empresas tenham experiência de gestão em grandes aeroportos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email