Afonso analisa Serpes: campanha em Goiás será decidida na TV e rádio

A pequena oscilação dos três principais candidatos a governador na pesquisa Serpes/O Popular divulgada neste domingo mostra que a eleição ainda não começou de fato e que isto só vai acontecer com o início da propaganda no rádio e TV; é esta a leitura que o jornalista Afonso Lopes faz do levantamento; “Há explicações bastante simples para o rádio e a televisão, e não a internet, ser mais decisiva na tarefa de cativar votos. A primeira delas é óbvia: todo mundo tem acesso a um aparelho de rádio e a um televisor. O rádio tem uma audiência (somada) incrivelmente alta durante o dia, e a televisão é a rainha da noite. Já o acesso à internet é muito menor”, afirma o jornalista

Afonso analisa Serpes: campanha em Goiás será decidida na TV e rádio
Afonso analisa Serpes: campanha em Goiás será decidida na TV e rádio

Goiás 247 - A pequena oscilação dos três principais candidatos a governador na pesquisa Serpes/O Popular divulgada neste domingo mostra que a eleição ainda não começou de fato e que isto só vai acontecer com o início da propaganda no rádio e televisão. É esta a leitura que o jornalista Afonso Lopes faz do levantamento.

“Há explicações bastante simples para o rádio e a televisão, e não a internet, ser mais decisiva na tarefa de cativar votos. A primeira delas é óbvia: todo mundo tem acesso a um aparelho de rádio e a um televisor. O rádio tem uma audiência (somada) incrivelmente alta durante o dia, e a televisão é a rainha da noite. Já o acesso à internet é muito menor”, afirma o jornalista.

Afonso sustenta a sua análise em estudos recentes que mostram que 47% da população goiana nem ao menos acessa a internet. E entre os que acessam, o interesse por política é bastante relativo, para não se dizer mínimo. A Serpes/O Popular deste domingo, diz Afonso, foi “um balde de água polar” em quem apostava no protagonismo das redes sociais.

“Com a propaganda no rádio e na televisão no ar, o interesse pelas eleições devem aumentar bastante, e isso se refletirá também na internet”, avisa o jornalista. “Em outras palavras, deve-se esperar ainda muito barulho nas campanhas deste ano”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247