Agindo como "dono" dos evangélicos, Malafaia diz que religiosos não votarão em Lula, Moro ou Ciro: 'vão quebrar a cara'

Em dezembro, uma pesquisa Datafolha revelou que 43% dos evangélicos consideram Lula o melhor presidente que o Brasil já teve

www.brasil247.com -
(Foto: Lula Marques/AgênciaPT)


247- O empresário evangélico Sila Malafaia afirmou, como se fosse dono, que os presidenciáveis Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos) "vão quebrar a cara com os evangélicos". 

"O que é esse jogo de Ciro, Lula e Moro? Eles perceberam que Bolsonaro foi eleito graças ao voto dos evangélicos. Nós representamos 32% do eleitorado. Só que os sistemas e os meios que estão usando não são meios para conquistar. Estão enganados e vão quebrar a cara com os evangélicos", afirmou Malafaia.

Em dezembro, uma pesquisa Datafolha revelou que 43% dos evangélicos consideram Lula o melhor presidente que o Brasil já teve. Isso é mais do que o dobro daqueles que preferem Jair Bolsonaro (19%).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Sei quem é quem no mundo evangélico. Quem está com Moro, com Ciro e com Lula não representa 1% dos evangélicos. São famosos zé-ninguém. Fico dando gargalhada", ironizou Malafaia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email