AL organiza o 4º festival universitário de cinema

O 4º Festival de Cinema Universitário de Alagoas será na histórica cidade de Penedo; om uma programação diversificada e inteiramente gratuita, o Festival vem se consolidando no cenário cultural alagoano e, principalmente, de Penedo, que na década de 70 foi referência na realização de festivais de cinema; o homenageado do Festival é o roteirista Tairone Feitosa, conhecido por seus roteiros em séries da Rede Globo e filmes como Luzia Homem, Ele, o Boto e O Homem da Capa Preta; 62 filmes em curta-metragem foram inscritos; 25 foram selecionados

O 4º Festival de Cinema Universitário de Alagoas será na histórica cidade de Penedo; om uma programação diversificada e inteiramente gratuita, o Festival vem se consolidando no cenário cultural alagoano e, principalmente, de Penedo, que na década de 70 foi referência na realização de festivais de cinema; o homenageado do Festival é o roteirista Tairone Feitosa, conhecido por seus roteiros em séries da Rede Globo e filmes como Luzia Homem, Ele, o Boto e O Homem da Capa Preta; 62 filmes em curta-metragem foram inscritos; 25 foram selecionados
O 4º Festival de Cinema Universitário de Alagoas será na histórica cidade de Penedo; om uma programação diversificada e inteiramente gratuita, o Festival vem se consolidando no cenário cultural alagoano e, principalmente, de Penedo, que na década de 70 foi referência na realização de festivais de cinema; o homenageado do Festival é o roteirista Tairone Feitosa, conhecido por seus roteiros em séries da Rede Globo e filmes como Luzia Homem, Ele, o Boto e O Homem da Capa Preta; 62 filmes em curta-metragem foram inscritos; 25 foram selecionados (Foto: Voney Malta)

Alagoas247 - A cidade histórica de Penedo receberá, de 18 a 22 de novembro, o 4º Festival de Cinema Universitário de Alagoas. O evento reunirá pela primeira vez, em Alagoas, integrantes da Rede Nordeste de Cinema Universitário, além de espectadores, jovens realizadores e nomes reconhecidos do setor audiovisual brasileiro. 

Com uma programação diversificada e inteiramente gratuita, o Festival de Cinema vem se consolidando no cenário cultural alagoano e, principalmente, de Penedo, que na década de 70 foi referência na realização de festivais de cinema. O evento visa promover a divulgação de produções audiovisuais e a troca de experiência entre realizadores, críticos de cinema e público.

Neste ano, o grande homenageado do Festival é o roteirista Tairone Feitosa, conhecido por seus roteiros em séries da Rede Globo e filmes como Luzia Homem, Ele, o Boto e O Homem da Capa Preta. Ele estará presente na abertura do Festival, no dia 18, noite de exibição do vídeo Confissões de Tairone Feitosa (10´), uma conversa produzida pelo cineasta Pedro da Rocha. Em seguida, haverá a exibição do filme Tempo de Cinema (35´), de Rafhael Barbosa. 

Já a Mostra Competitiva, uma das principais atrações do Festival, será realizada de 18 a 21, das 21h às 23h. Dos 62 filmes em curta-metragem inscritos, 25 foram selecionados e serão exibidos na Praça 12 de Abril. Os filmes foram avaliados pela Comissão de Seleção, formada por André Moncaio, professor da Escola Livre de Cinema e Vídeo de Santo André; Llano, cinematógrafo e artista visual; Tide Borges, professora do Curso de Cinema da Faculdade de Comunicação e Marketing da FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado); e Ninho Moraes, cineasta e professor do Curso de Rádio e TV da Faculdade Cásper Líbero (SP). 

Neste ano, foram seis produções alagoanas selecionadas para a Mostra Competitiva: Dezembro, de Dário Júnior; Menina, de Maysa Santos; Ontem à noite, de Henrique Oliveira; O Vulto, de Wladymir Lima; Nélson dos Santos, de Paulo André Silver e Albert Ferreira; e Centro Organismo Vivo, de Paulo Luna e Laysa Menezes. As equipes dos filmes de Alagoas e de outros estados terão a oportunidade de trocar experiências sobre o processo de produção no dia 22, às 17h, durante um bate-papo na praça 12 de Abril. 

A premiação para os melhores filmes acontecerá no dia 22, às 21h30, em três categorias: Melhor Filme – Júri Oficial, Prêmio Velho Chico de Cinema Alagoano e Melhor Filme – Júri Popular. As duas primeiras categorias serão analisadas pela Comissão Julgadora, composta por cinco profissionais: Carla Francine, coordenadora do audiovisual da Fundarpe (Fundação do Patromônio Histórico e Artístico de Pernambuco); Rita Lima, professora e pesquisadora do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Recôncavo Baiano; Fátima Guimarães, diretora da Associação Brasileira de Documentarista e Curtametragistas (Piauí); Carlos Dowling, cineasta e vice-coordenador do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal da Paraíba; e Ramon Coutinho, integrante do Coletivo Urgente de Audiovisual da Bahia. 

Uma das novidades desta edição é o local de realização da Mostra Competitiva, transferida do Teatro Sete de Setembro para uma estrutura fechada na Praça 12 de Abril, às margens do Velho Chico, onde acontecerá toda a programação noturna do Festival.

O Festival é uma iniciativa da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), com apoio da Prefeitura Municipal de Penedo, Secretaria de Estado da Cultura, Algás, Federação das Indústrias do Estado de Alagoas e Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247