AL tem maior índice de desembarques do NE

O Aeroporto Zumbi dos Palmares, na grande Maceió, registrou, de acordo com dados da Infraero, o maior crescimento no número de desembarque entre todas as capitais do Nordeste; foram, em julho, 91.698, aumento de 19,69% em relação ao mesmo período do ano passado; atrás da capital alagoana ficaram Teresina (PI), com aumento de 16,24%, e João Pessoa (PB), com 13,36%; Salvador e Fortaleza registraram apenas 7,75% e 3,2% de aumento, respectivamente; Recife teve retração de 0,91%

O Aeroporto Zumbi dos Palmares, na grande Maceió, registrou, de acordo com dados da Infraero, o maior crescimento no número de desembarque entre todas as capitais do Nordeste; foram, em julho, 91.698, aumento de 19,69% em relação ao mesmo período do ano passado; atrás da capital alagoana ficaram Teresina (PI), com aumento de 16,24%, e João Pessoa (PB), com 13,36%; Salvador e Fortaleza registraram apenas 7,75% e 3,2% de aumento, respectivamente; Recife teve retração de 0,91%
O Aeroporto Zumbi dos Palmares, na grande Maceió, registrou, de acordo com dados da Infraero, o maior crescimento no número de desembarque entre todas as capitais do Nordeste; foram, em julho, 91.698, aumento de 19,69% em relação ao mesmo período do ano passado; atrás da capital alagoana ficaram Teresina (PI), com aumento de 16,24%, e João Pessoa (PB), com 13,36%; Salvador e Fortaleza registraram apenas 7,75% e 3,2% de aumento, respectivamente; Recife teve retração de 0,91% (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Morena Melo e Mirella Costa/agenciaalagoas.al.gov.br - Os desembarques nos terminais do Aeroporto Zumbi dos Palmares cresceram 19,69% em julho, de acordo com dados da Infraero. O levantamento revela que em 2014, 76.608 passageiros desembarcaram em Maceió neste período. Já em 2015 esse número saltou para 91.698.

Se comparado a outras capitais do Nordeste, o número de desembarques em Maceió durante o período pesquisado é o maior da região. Atrás da capital alagoana ficaram Teresina (PI), com aumento de 16,24%, e João Pessoa (PB), com 13,36%. Destinos populares como Salvador e Fortaleza registraram apenas 7,75% e 3,2% de aumento, respectivamente. Em Recife houve retração de 0,91%.

"A tendência da procura por destinos nacionais é crescente e Alagoas está entre os destinos mais vendidos pelas operadoras e por isso fica tão bem situado nesta relação. Chegamos a esses números por uma série de fatores, como o aumento da oferta hoteleira e a promoção dos destinos alagoanos como excelentes opções de lazer para os turistas. Os dados comprovam que o trabalho de divulgação do destino deve ser contínuo", explicou a secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jeanine Pires.

O segmento hoteleiro também aponta aumento na ocupação, na comparação ao mesmo período do ano passado. Em julho deste ano, 74,2% dos leitos foram ocupados, contra 61,1% de 2014. Os números foram divulgados pela Gerência de Estudos e Pesquisas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), que usa como fonte o Boletim de Ocupação Hoteleira (BOH).

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email