CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Alagoanos suspeitos de participação em Assalto

A Polícia Civil alagoana investiga a possível participação de alagoanos no assalto a uma agência bancária no interior da Bahia; na fuga, os criminosos levaram alguns reféns amarrados no capô de um dos carros; a placa do veículo era de um município alagoano; suspeitos deixaram o território baiano pela linha verde em direção a Sergipe

Imagem Thumbnail
A Polícia Civil alagoana investiga a possível participação de alagoanos no assalto a uma agência bancária no interior da Bahia; na fuga, os criminosos levaram alguns reféns amarrados no capô de um dos carros; a placa do veículo era de um município alagoano; suspeitos deixaram o território baiano pela linha verde em direção a Sergipe (Foto: Voney Malta)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Alagoas247 - A Polícia Civil de Alagoas investiga possível participação de alagoanos no assalto à agência do Bando do Brasil (BB) de Conde, cidade da Bahia. Durante a ação, os criminosos fugiram em dois veículos, levaram reféns e amarram alguns no capô de um dos carros, cuja placa seria do município alagoano de Limoeiro de Anadia. 

Segundo o delegado Felipe Caldas, da Seção de Roubo a Banco (Serb), da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), dois policiais foram designados para investigar a origem dos acusados e das placas, e elaborar um relatório detalhado. “Quando eu tiver com este relatório em mãos, vou encaminhá-lo à polícia da Bahia, até porque não vamos instaurar o inquérito, já que estamos, apenas, colaborando com as investigações”, disse o delegado. 

Apesar de o inquérito estar no início, Felipe Caldas confirmou que há suspeitos e que as filmagens divulgadas na imprensa nacional vão auxiliar as equipes. “Não podemos atestar nada até o momento, mas vamos avançar. Alguns deles podem ser alagoanos ou de outro estado, tendo roubado o carro aqui em Alagoas”, reforça. 

Entenda o caso

Uma quadrilha armada com fuzis, formada por pelo menos 20 pessoas, invadiu a cidade de Conde, a 200 km de Salvador, por volta das 11h dessa terça-feira (2), gerando pânico entre a população e a polícia. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos atiraram por mais de 20 minutos e os disparos atingiram a delegacia, a viatura e o alojamento da Polícia Militar (PM). Em seguida, eles se dirigiram à agência do Banco do Brasil, renderam funcionários, fizeram os clientes de "escudo humano" e fugiram com reféns, de acordo com a PM.

Segundo a polícia dos dois estados, os suspeitos evadiram-se do território baiano pela linha verde em direção a Sergipe. Ainda conforme a assessoria da Polícia Militar, a polícia sergipana atua de forma conjunta com a polícia da Bahia pra reforçar as buscas.

Com gazetaweb.com e agências

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO