Alemanha diz que Rússia pode estar por trás de ataque cibernético

Maas listou uma série do que chamou de ações problemáticas de Moscou, incluindo a falta de progresso na implementação de um cessar-fogo no leste da Ucrânia, um ataque de gás venenoso no Reino Unido, o apoio de Moscou ao governo sírio, os esforços da Rússia para influenciar as eleições ocidentais e o ataque cibernético.

Alemanha diz que Rússia pode estar por trás de ataque cibernético
Alemanha diz que Rússia pode estar por trás de ataque cibernético
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O governo alemão deve presumir que um ataque cibernético a seu Ministério das Relações Exteriores partiu da Rússia, disse o ministro das Relações Exteriores, Heiko Maas, à emissora ZDF neste domingo.

Maas listou uma série do que chamou de ações problemáticas de Moscou, incluindo a falta de progresso na implementação de um cessar-fogo no leste da Ucrânia, um ataque de gás venenoso no Reino Unido, o apoio de Moscou ao governo sírio, os esforços da Rússia para influenciar as eleições ocidentais e o ataque cibernético.

“Tivemos um ataque ao Ministério das Relações Exteriores, onde devemos presumir que se originou da Rússia”, disse ele.

Por Andrea Shalal

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247