Alho, bactericida, combate a hipertensão e o colesterol. Além de afastar vampiros...

De acordo com pesquisadores australianos, o consumo de alho teria efeitos sobre a pressão arterial muito elevada.



Por Martine Perez – Le Figaro

 

O alho é um alimento místico que tem a reputação de repelir vampiros, mas também de dopar as defesas imunológicas, exercer poder bactericida e combater o colesterol. Neste quadro quase ideal, seria provavelmente necessário acrescentar um efeito aparentemente significativo sobre a pressão alta. É o que acabam de descobrir pesquisadores australianos, que testaram os efeitos desta lilácea em pessoas com pressão arterial elevada. Para isso, eles não têm economizado e usaram os principais meios da farmacoepidemiologia.

Após terem registrado 50 pessoas com pressão alta, já tratada por medicamentos, mas com a pressão arterial mal controlada. Metade dentre elas recebeu quatro cápsulas contendo extratos de alho e a outra metade, quatro cápsulas de placebo (produto inativo) durante doze semanas. No final do teste, os voluntários que receberam as cápsulas de alho tinham sem dúvidas uma pressão média mais baixa que os outros.

”É a primeira vez, que um teste comprova a eficácia e a tolerância do extrato de alho como um tratamento complementar da pressão alta mal controlada”, argumenta Karin Riad, da Universidade de Adelaide na Austrália, principal autor deste estudo publicado na semana passada na revista Maturités. O efeito do alho sobre a pressão alta já havia sido demonstrado, mas somente em pessoas com pressão alta, ainda não tratadas.

Existe algum risco em consumir alho em cápsulas? Alguns apontam possíveis interações, em doses elevadas, entre o alho e outros medicamentos. Mas não é contraindicado comer alho com o cordeiro assado, consumi-lo com casca com um frango ou até fresco, com alface e bacon...

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247