Aliados e adversários surfam com Lula e Dilma

Outros candidatos à Prefeitura do Recife (PCR), que não o senador petista Humberto Costa, estão associando em suas campanhas os nomes do ex-presidente Lula e da atual chefe do Executivo Federal, Dilma Rousseff; Campanha de Costa diz que ainda não é o momento de judicializar a disputa

Aliados e adversários surfam com Lula e Dilma
Aliados e adversários surfam com Lula e Dilma (Foto: Edição/247)

Leonardo Lucena_PE247 – Diferentemente do que muitos esperavam, outros candidatos à Prefeitura do Recife (PCR), que não o senador petista Humberto Costa, estão associando em suas campanhas os nomes do ex-presidente Lula e da atual chefe do Executivo Federal, Dilma Rousseff, ambos do PT. Neste caso, trata-se o deputado federal Mendonça Filho (DEM) e do ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio (PSB).

Em relação ao democrata, o candidato mostrou imagens de Lula em inauguração de obras, quando o deputado era vice do ex-governador Jarbas Vasconcelos. Na ocasião, foram exaltadas obras como Porto de Suape e ampliação do Aeroporto Internacional do Recife / Guararapes – Gilberto Freyre, que segundo ele, chegaram ao estado graças ao seu esforço.

Já no caso de Geraldo Júlio, em entrevista ao jornal Folha de Pernambuco, o socialista afirma que captou mais recursos ao lado da presidente Dilma do que o PT, que comanda há 12 anos a Prefeitura da capital pernambucana. Segundo o postulante, “a sua vitória também será a vitória de Dilma”.

A assessoria jurídica de Humberto Costa informou que não haverá judicialização em ambos os casos, pelos menos por enquanto. De qualquer forma, adversários do congressista não abriram mão de usar nomes de fortes cabos eleitorais do petista (Lula e Dilma) para enfatizar suas propostas.

De qualquer forma, as campanhas começaram mornas, mas os ataques estão se intensificando. Durante todo o primeiro semestre, partidos como PPS, PSDB, DEM e PMDB (hoje, no palanque de Geraldo Júlio) atacaram o PT sob o argumento de que os petistas almejariam fazer um “projeto de poder”. Mas, agora, foi a vez do senador Humberto Costa dar uma alfinetada nos socialistas com esse tipo de discurso.

Também em entrevista à Folha de Pernambuco, o senador disse que “o Recife não pode ser a 30° secretaria do Governo do Estado”, dando a entender que, na visão dele, os socialistas pretendem eleger um candidato (Geraldo Júlio) e assim fazer da capital do Estado uma espécie de extensão do Palácio do Campo das Princesas, que hoje é comandado pelo governador Eduardo Campos (PSB).

A cris eentre os dois partidos começou quando o PSB resolveu lançar candidaturas próprias em Recife, Fortaleza (CE), São Paulo (SP) e  Belo Horizonte (MG). Acuado pelo antigo aliado, o PT não deixou bartao e partiu para o ataque acusando o então aliado de querer criar condições para lançar o governador pernambucano como sucessor de Dilma Roussef em 2014. Enquanto os dois partidos brigam, os demais adversários se valem da popularidade, tanto de Lula como de Dilma Rousseff, para turbinarem suas campanhas.

Resta saber que proporção irá tomar essa associação de imagens por parte dos adversários de Humberto, o que pode aumentar os conflitos já existentes no atual quadro político-eleitoral e propiciar a judicialização de casos com essa natureza. Agora, é só esperar para ver.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247