Aliança com PT no Ceará revela encruzilhada nordestina de Ciro

Hostilizações à parte, o candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) está ao lado do PT em seu estado de origem, o Ceará; ali, o candidato à reeleição pelo governo do Estado é Camilo Santana, do PT, que tem o apoio formal da família Gomes; entre os cearenses, Lula supera Ciro por 56% a 15%

Aliança com PT no Ceará revela encruzilhada nordestina de Ciro
Aliança com PT no Ceará revela encruzilhada nordestina de Ciro (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

247 - Hostilizações recorrentes à parte, o candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT) está ao lado do PT em seu estado de origem, o Ceará. Ali, o candidato à reeleição pelo estado é Camilo Santana do PT, que tem o apoio formal da família Gomes. Entre os cearenses, Lula supera Ciro por 56% a 15%.

Reportagem do jornal El País destaca que as costuras regionais que tanto estalam as contradições nacionais apenas se repetem e cumprem seu papel de evidenciar as contradições de todo e qualquer segmento político brasileiro, ora mais evidente em alguns nichos, ora menos: "a imagem dos três políticos, retratada no primeiro dia oficial da campanha na cidade cearense sede do clã Ferreira Gomes, aponta para o cenário de contradições que Ciro enfrenta em sua própria casa. Se no plano nacional o candidato a presidente do PDT não poupa críticas ao PT, no Ceará não tem disso. A relação entre petistas, aliados há anos dos Gomes, e pedetistas vai muito bem. A primeira pesquisa realizada após o início oficial da campanha no Estado aponta para o êxito da aliança PT-PDT ali. De acordo com o Ibope, Camilo Santana ganharia já no primeiro turno, com 64% das intenções de voto — não por acaso a vice é Izolda Cela (PDT). Num distante segundo lugar, vem General Teophilo (PSDB), com 4% das intenções de voto."

A matéria segue, relatando a conjuntura eleitoral no estado do Ceará: "a questão complica porque o PT também leva ampla vantagem sobre o presidenciável pedetista no Ceará. O ex-presidente Lula lidera as intenções de voto no Estado, com 56% das preferências, na frente de Ciro, com 15%, e Jair Bolsonaro (PSL), com 9%. No provável cenário sem Lula, Ciro sai na frente, com 39% das intenções de voto, seguido de Bolsonaro, 14%, Marina Silva (Rede), 11%, e Fernando Haddad (PT), com 2%. De todo modo, uma marca excelente se comparado com seu desempenho o cenário sem Lula no Nordeste inteiro: ele aparece com 14% sem o petista, mas Marina marca19%, segundo o Datafolha."

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247