Aliança de Caiado pode tirar 15 prefeitos do DEM

Senador costura união com PMDB de Iris Rezende para eleições de 2016 e desagrada base do Democratas; partido é rival histórico dos peemedebistas e as bases apoiam o governador Marconi Perillo; "Nas minhas bases eleitorais, em 95% delas e historicamente, meus adversários são do PMDB. Há previsão que 15 dos 17 prefeitos acabem saindo. Logicamente o partido enfraquece e enfraquece muito", afirma o presidente da Assembleia, Helio de Sousa; no ano passado, Ronaldo Caiado se apresentou na chapa do PMDB e agora tenta concretizar outra aliança para fortalecer seu projeto de candidatura ao governo em 2018

Senador costura união com PMDB de Iris Rezende para eleições de 2016 e desagrada base do Democratas; partido é rival histórico dos peemedebistas e as bases apoiam o governador Marconi Perillo; "Nas minhas bases eleitorais, em 95% delas e historicamente, meus adversários são do PMDB. Há previsão que 15 dos 17 prefeitos acabem saindo. Logicamente o partido enfraquece e enfraquece muito", afirma o presidente da Assembleia, Helio de Sousa; no ano passado, Ronaldo Caiado se apresentou na chapa do PMDB e agora tenta concretizar outra aliança para fortalecer seu projeto de candidatura ao governo em 2018
Senador costura união com PMDB de Iris Rezende para eleições de 2016 e desagrada base do Democratas; partido é rival histórico dos peemedebistas e as bases apoiam o governador Marconi Perillo; "Nas minhas bases eleitorais, em 95% delas e historicamente, meus adversários são do PMDB. Há previsão que 15 dos 17 prefeitos acabem saindo. Logicamente o partido enfraquece e enfraquece muito", afirma o presidente da Assembleia, Helio de Sousa; no ano passado, Ronaldo Caiado se apresentou na chapa do PMDB e agora tenta concretizar outra aliança para fortalecer seu projeto de candidatura ao governo em 2018 (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O DEM é hoje um partido dividido em Goiás e que pode ficar restrito apenas à figura do senador Ronaldo Caiado. A aliança que o parlamentar costura com o PMDB de Iris Rezende não agrada os prefeitos do Democratas. Uma saída em massa irá acontecer caso a parceria com Iris para 2016 seja concretizada.

"Vejo que é muito complicado, já que, historicamente, o DEM sempre teve o PMDB como adversário. Nas eleições passadas, houve uma coligação que não estava prevista e eu achava que seria um fato isolado. Pelo que eu tenho visto, existe uma tendência do Democratas se unir ao PMDB nas eleições para o ano que vem, o que para mim é muito complicado. Nas minhas bases eleitorais, em 95% delas e historicamente, meus adversários são do PMDB", disse o presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa, em entrevista à Rádio 730.

O deputado reconhece que 15 dos 17 prefeitos do DEM podem deixar o partido. A maioria deve se filiar em partidos da base aliada porque apoia o governador Marconi Perillo (PSDB).

"Há previsão que 15 dos 17 prefeitos acabem saindo. Logicamente o partido enfraquece e enfraquece muito. Eu fico triste pois é um partido que me abrigou, me deu sete mandatos. Sou um dos fundadores dele no Estado e vejo que ele está em um momento difícil e tenho de reconhecer que me dói muito".

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email