Alibaba foca em chips em meio a impulso para computação em nuvem

Em abril a Alibaba comprou a fabricante de microchips chinesa Hangzhou C-SKY Microsystems para impulsionar seus negócios de nuvem e IoT.

Alibaba foca em chips em meio a impulso para computação em nuvem
Alibaba foca em chips em meio a impulso para computação em nuvem

(Reuters) - O Alibaba montará uma subsidiária de semicondutores e pretende lançar no segundo semestre de 2019 seu primeiro chip para interface de inteligência artificial (IA), que pode ser usado em veículos autônomos, cidades inteligentes e logística.

A empresa chinesa disse em evento em Hangzhou nesta quarta-feira que a nova subsidiária fabricará chips personalizados de inteligência artificial e processadores para apoiar o impulso nos negócios de rápido crescimento de nuvem e internet das coisas (IoT, na sigla em inglês).

O agressivo movimento da empresa para desenvolver seus próprios semicondutores acontece à medida que o governo chinês procura elevar a qualidade de chips nacionais para ajudar a indústria doméstica de alta tecnologia, desde os transportes de ponta até IA em sistemas de saúde.

Em abril a Alibaba comprou a fabricante de microchips chinesa Hangzhou C-SKY Microsystems para impulsionar seus negócios de nuvem e IoT.

O co-fundador e presidente do conselho da empresa, Jack Ma, disse que a China precisa controlar seu “núcleo tecnológico” como chips para evitar a dependência excessiva das importações dos Estados Unidos, questão que está em foco por conta das tensões comerciais entro os dois países.

Por Cate Cadell

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247