CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Alimentos puxam inflação para cima

IPC-S registra acelerao no aumento do preo de hortalias, legumes, arros e feijo

Alimentos puxam inflação para cima (Foto: DIVULGAÇÃO)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247, com Agência Estado - A alta nos preços de comidas impactou em dezembro o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S), medido pela Fundação Getúlio Vargas. A taxa de aumento dos alimentos subiu de 1,38% para 1,68% da terceira para a quarta quadrissemana do mês passado. Os maiores acréscimos nos valores foram registrados em: hortaliças e legumes; arroz e feijão; e aves e ovos.

Conforme divulgado pela FGV nesta segunda-feira, 2, o IPC-S subiu 0,79% até a quadrissemana encerrada em 31 de dezembro, taxa maior do que a apurada no IPC-S fechado de novembro, quando registrou alta de 0 53%. O IPC-S da última quadrissemana de dezembro ficou ainda acima do resultado da terceira quadrissemana do mesmo mês, quando avançou 0,78%.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Apesar do avanço nos preços do grupo Alimentação, as outras classes de despesa mantiveram-se estáveis ou registraram desaceleração da alta de preços no período. O grupo Saúde e Cuidados Pessoais repetiu a taxa apurada na última divulgação, de 0,68%, enquanto registraram inflação mais fraca os grupos Despesas Diversas (de 0,35% para 0,11%), Vestuário (de 1,21% para 1,03%), Habitação (de 0,38% para 0,27%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,51% para 0,42%) e Transportes (de 0,61% para 0 59%).

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO