Amastha diz que vai antecipar parcela da data-base

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), reconheceu que houve atrasos salariais do servidores, mas disse que determinou a antecipação do pagamento da data-base para alguns servidores; o chefe do executivo se manifestou, após o Sindicato dos Servidores Municipais de Palmas (Sisemp) afirmar que gestão não tem credibilidade para apresentar novo cronograma de pagamento parcelado, porque não teria cumprido acordos feitos anteriormente; “Dei ordem, tanto na Secretaria de Administração e das Finanças, para que a gente refaça a folha de pagamento, já que o dinheiro está disponível. Pedi que a parcela de outubro de todas as pessoas que ganham entre R$ 2 mil e R$ 3,5 mil reais [salário base] seja paga ainda nessa folha e mais uma parcela das titularidades”

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), reconheceu que houve atrasos salariais do servidores, mas disse que determinou a antecipação do pagamento da data-base para alguns servidores; o chefe do executivo se manifestou, após o Sindicato dos Servidores Municipais de Palmas (Sisemp) afirmar que gestão não tem credibilidade para apresentar novo cronograma de pagamento parcelado, porque não teria cumprido acordos feitos anteriormente; “Dei ordem, tanto na Secretaria de Administração e das Finanças, para que a gente refaça a folha de pagamento, já que o dinheiro está disponível. Pedi que a parcela de outubro de todas as pessoas que ganham entre R$ 2 mil e R$ 3,5 mil reais [salário base] seja paga ainda nessa folha e mais uma parcela das titularidades”
O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), reconheceu que houve atrasos salariais do servidores, mas disse que determinou a antecipação do pagamento da data-base para alguns servidores; o chefe do executivo se manifestou, após o Sindicato dos Servidores Municipais de Palmas (Sisemp) afirmar que gestão não tem credibilidade para apresentar novo cronograma de pagamento parcelado, porque não teria cumprido acordos feitos anteriormente; “Dei ordem, tanto na Secretaria de Administração e das Finanças, para que a gente refaça a folha de pagamento, já que o dinheiro está disponível. Pedi que a parcela de outubro de todas as pessoas que ganham entre R$ 2 mil e R$ 3,5 mil reais [salário base] seja paga ainda nessa folha e mais uma parcela das titularidades” (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB) reconheceu que houve atrasos salariais do servidores, mas disse que determinou a antecipação do pagamento da data-base para alguns servidores. O chefe do executivo se manifestou, após o Sindicato dos Servidores Municipais de Palmas (Sisemp) afirmar que gestão não tem credibilidade para apresentar novo cronograma de pagamento parcelado, porque não teria cumprido acordos feitos anteriormente. 

“Dei ordem, tanto na Secretaria de Administração e das Finanças, para que a gente refaça a folha de pagamento, já que o dinheiro está disponível. Pedi que a parcela de outubro de todas as pessoas que ganham entre R$ 2 mil e R$ 3,5 mil reais [salário base] seja paga ainda nessa folha e mais uma parcela das titularidades”, afirmou o gestor, em vídeo publicado no Facebook. “Se o motivo desta greve era falta de credibilidade, estamos antecipando o compromisso. Voltem para as aulas, cumpram suas funções que o prefeito também cumprirá as suas”, acrescentou.

De acordo com Amastha, a Prefeitura de Palmas tem feito de “tudo” para manter a máquina pública em funcionamento. “E temos sido bem sucedidos”, continuou. “De fato, os atrasos das parcelas e atrasos das progressões e titularidades aconteceu. Mas porque nós entramos num marasmo econômico”, complementou.

O prefeito afirmou que, apesar dos atrasos, o governo tem demonstrado atitudes exemplares. “Palmas não tem funcionário fantasma, não tem amigo do prefeito, não tem familiares do prefeito. Até hoje o carro que o prefeito anda é o carro do partido e minha esposa, até hoje, não tem cargo, não tem segurança, não tem gabinete, não tem carro”, disse. “Isso não é populismo. A gente precisava cortar absolutamente tudo para poder garantir o direito de vocês e isso nós estamos fazendo”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247