Amastha nega que evento da FNP tenha viés político

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, negou que políticos presentes no evento da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), na capital tocantinense, compareceram para apoiar o gestor; “Estamos discutindo algo maior, que o futuro deste País”, defendeu; “Acho de fundamental importância a gente aproveitar esse vácuo de lideranças que está acontecendo no Brasil, e que os municípios abocanhem grande parte deste vácuo”, acrescentou

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, negou que políticos presentes no evento da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), na capital tocantinense, compareceram para apoiar o gestor; “Estamos discutindo algo maior, que o futuro deste País”, defendeu; “Acho de fundamental importância a gente aproveitar esse vácuo de lideranças que está acontecendo no Brasil, e que os municípios abocanhem grande parte deste vácuo”, acrescentou
O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, negou que políticos presentes no evento da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), na capital tocantinense, compareceram para apoiar o gestor; “Estamos discutindo algo maior, que o futuro deste País”, defendeu; “Acho de fundamental importância a gente aproveitar esse vácuo de lideranças que está acontecendo no Brasil, e que os municípios abocanhem grande parte deste vácuo”, acrescentou (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, negou que o evento Frente Nacional de Prefeitos (FNP), na capital tocantinense, tenha um viés político-eleitoral.  “Isto não é um evento político. Ninguém está aqui para apoiar o Amastha. Estamos discutindo algo maior, que o futuro deste País”, defendeu. O evento da FNP foi como espécie de preparação e convite a gestores para o Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMSD), que acontece em Brasília no mês que vem.

Amastha disse que é “fundamental” afastar qualquer intenção de dar um fundo político ao evento. “Isso mostra o amadurecimento da nossa sociedade. Estamos acostumados no Tocantins em que tudo que acontece seja um evento eleitoral. Eleição só daqui a um ano e meio, e nós temos, enquanto isso, responsabilidade de avançar. Faço questão de que ninguém minimize o tamanho de um ato tão importante”, afirmou ao site do Cleber Toledo.

“Acho de fundamental importância a gente aproveitar esse vácuo de lideranças que está acontecendo no Brasil, e que os municípios abocanhem grande parte deste vácuo”, acrescentou.

O presidente da FNP informou que o evento em Palmas tem a intenção de divulgar e convidar os prefeitos a participarem do EMSD, principalmente diante do atual cenário do País. “A palavra sustentabilidade é ligada as questões ambientais, mas esse conceito se expandiu muito. Abrange tudo, gente. E neste momento de dificuldades estamos organizando este evento, onde teremos mais de 80 painéis, abrangendo quase todos os aspectos da administração municipal. É uma oportunidade de aprendizado", complementou.

Representando a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), o prefeito de Cristalândia, Cleiton Cantuário Brito (PSB), falou brevemente. “O importante é que a gente faça uma união para darmos resultado para a população”, resumiu. O presidente da Câmara de Palmas, Folha Filho (PSD), também participou. O social democrata destacou a importância da capacitação no momento de dificuldades financeiras e exaltou a gestão de Carlos Amastha. "Uma cidade em que nunca se falou em crise. Estamos caminhando e dando exemplo para o Brasil", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247