Ana Arraes desconversa sobre irregularidades na refinaria

Segundo a ministra, que esteve presente na VII Feira Internacional Literria de Pernambuco, ela s comentar este tipo de assunto nas prximas reunies do Tribunal de Contas da Unio (TCU)

Ana Arraes desconversa sobre irregularidades na refinaria
Ana Arraes desconversa sobre irregularidades na refinaria (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bruna Cavalcanti_247 - A ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, deu uma pausa na agenda política na última segunda-feira (14) e foi prestigiar o seu irmão, o diretor de cinema e TV, Guel Arraes, que foi homenageado durante a VII Feira Internacional Literária de Pernambuco (Fliporto). Questionada pelo PE 247 sobre as obras na Refinaria Abreu e Lima, cuja paralisação foi recomenda pelo tribunal, por indícios de superfaturamento, Ana Arraes desconversou e disse que discutirá o assunto nas próximas reuniões do TCU. “Só falo nos atos”, afirmou a ministra.

Antes de ser eleita como a primeira mulher ministra do TCU, Ana Arraes chegou a se posicionar de forma contrária à paralisação de obras que gerem grande impacto para a economia do Estado. Econômica nas palavras, a ministra definiu apenas como “normal”, sua atuação nesses primeiros meses a frente do TCU.

Ana Arraes marcou presença na mesa de debates “Como o cinema reescreve a literatura”, palestrada pelo irmão, Guel Arraes. A oficina tinha ainda como homenageados, o cineasta, Nelson Pereira dos Santos, consagrado por filmes como “Vida Secas” e a diretora de cinema, Tizuka Yamasaki.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email