ANA autoriza nova redução de vazão em usinas do Nordeste

Agência Nacional de Águas (ANA) autorizou uma nova redução da vazão dos reservatórios de Sobradinho e de Xingó para de 600 para 580 metros cúbicos por segundo a partir desta quinta-feira (31); esta é a menor vazão já registrada nestes reservatórios; atualmente, Sobradinho - maior reservatório do Nordeste - está com cerca de 9% de seu volume útil. e a expectativa é que Sobradinho chegue ao final do ano com 0,3% de seu volume útil

Sobradinho - A Usina Hidrelétrica de Sobradinho tem capacidade total de 1050 megawatts, mas com a falta de água só tem sido possível gerar cerca de 160 megawatts (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Sobradinho - A Usina Hidrelétrica de Sobradinho tem capacidade total de 1050 megawatts, mas com a falta de água só tem sido possível gerar cerca de 160 megawatts (Marcello Casal Jr/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - A Agência Nacional de Águas (ANA) autorizou uma nova redução da vazão dos reservatórios de Sobradinho e de Xingó para de 600 para 580 metros cúbicos por segundo a partir desta quinta-feira (31). Esta é a menor vazão já registrada nestes reservatórios. Segundo a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), a vazão será realizada apenas em Xingó e não deverá afetar a produção de energia.

A redução da vazão tem como objetivo segurar o máximo de água possível especialmente no reservatório de Sobradinho, que pode acumular até 70% do volume utilizado para geração de energia no Nordeste. Atualmente, Sobradinho está com cerca de 9% de seu volume útil. A expectativa é que Sobradinho chegue ao final do ano com 0,3% de seu volume útil.

Apesar da Chesf estar produzindo apenas entre 20% e 25% da energia que é possível visando economizar o uso da água, a companhia descarta o risco de uma crise energética em função do emprego de outras fontes de geração, como usinas termelétricas e eólicas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247