Andrés Sanchez deixará a presidência do Corinthians

Atual mandatrio assumir, at o fim do ano, o comando das obras do Estdio Fielzo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Andrés Sanchez está a três meses do encerramento do seu mandato como presidente do Corinthians. Articula desde o início do semestre a eleição do seu sucessor, o ex-companheiro de diretoria, Mario Gobbi, candidato da situação.

O atual mandatário do Corinthians, porém, não pretende sair de cena, quando deixar o gabinete da presidência no Parque São Jorge. Ao contrário, com a eleição de Gobbi, ele terá um cargo tão ou mais influente do que a presidência do clube. O 247 apurou que Andrés deixará o comando do clube para assumir o cargo diretor da construção do Estádio do Corinthians, em Itaquera.

Andrés será o responsável por tudo nessa área, articulando as negociações, tanto no que diz respeito à parte financeira, envolvendo investimento na obra, contato com as empreiteiras, governo, empresários, como na negociação com o comitê organizador da Copa Mundo, entenda-se CBF e FIFA. “Podem ter certeza que a abertura da Copa será no estádio do Corinthians”, cravou Andrés, ainda sob o calor do empate sem gols do Corinthians diante do São Paulo, quarta-feira no Morumbi. “Até porque se isso não ocorrer perderemos a isenção fiscal da prefeitura, ressaltou o dirigente”

Por precaução, o dirigente só não antecipa se ele será o comandante da construção do Fielzão, a partir do início de 2012, porque tudo vai depender do resultado das eleições no Parque São Jorge.

Apesar do encaminhamento para ser eleito, a oposição, liderada por Paulo Garcia, membro da família proprietária da Kalunga, promete dar trabalho nas urnas. Garcia teria destinado do seu patrimônio cerca de R$ 20 milhões para investir na campanha. Se der zebra e a oposição ganhar, aí Andrés Sanchez terá mesmo de ir para casa e acompanhar, à distância, a construção do tão sonhado estádio do Corinthians.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247