ANTT reduz pedágios cobrados em rodovias que cortam Minas

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a redução das tarifas de pedágio cobradas em trechos na BR-060/153/262/DF/GO/MG explorados pela Concebra; com a decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU), a Tarifa de Pedágio Quilométrica na rodovia passará de R$ 0,03685 para R$ 0,03402

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a redução das tarifas de pedágio cobradas em trechos na BR-060/153/262/DF/GO/MG explorados pela Concebra; com a decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU), a Tarifa de Pedágio Quilométrica na rodovia passará de R$ 0,03685 para R$ 0,03402
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a redução das tarifas de pedágio cobradas em trechos na BR-060/153/262/DF/GO/MG explorados pela Concebra; com a decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU), a Tarifa de Pedágio Quilométrica na rodovia passará de R$ 0,03685 para R$ 0,03402 (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - Após determinação cautelar do Tribunal de Contas da União (TCU), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a redução das tarifas de pedágio cobradas em trechos na BR-060/153/262/DF/GO/MG explorados pela Concebra. Com a decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU), a Tarifa de Pedágio Quilométrica na rodovia passará de R$ 0,03685 para R$ 0,03402. 

 A redução no valor atinge 11 praças de pedágio nos Estados de Goiás e Minas Gerais.
 
Em Alexânia (GO), por exemplo, a taxa diminuirá de R$ 5,30 para R$ 4,90. Em Campos Altos (MG), passará de R$ 5,40 para R$ 5.
 
Os novos valores entram em vigor neste sábado (2).
 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247