Após denúncias, PTB deixa comando da Procempa

Partido, no comando da companhia desde 2005 em Porto Alegre, é mencionado em denúncias de desvios e irregularidades, que devem ser investigadas também em CPI da Câmara de Vereadores. O anúncio teria sido comunicado ao prefeito José Fortunati (PDT) pelo próprio presidente da sigla na cidade, Maurício Dziedricki

Partido, no comando da companhia desde 2005 em Porto Alegre, é mencionado em denúncias de desvios e irregularidades, que devem ser investigadas também em CPI da Câmara de Vereadores. O anúncio teria sido comunicado ao prefeito José Fortunati (PDT) pelo próprio presidente da sigla na cidade, Maurício Dziedricki
Partido, no comando da companhia desde 2005 em Porto Alegre, é mencionado em denúncias de desvios e irregularidades, que devem ser investigadas também em CPI da Câmara de Vereadores. O anúncio teria sido comunicado ao prefeito José Fortunati (PDT) pelo próprio presidente da sigla na cidade, Maurício Dziedricki (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sul 21 - À frente da Companhia de Processamento de Dados (Procempa) desde 2005 em Porto Alegre, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) irá se afastar do comando da autarquia em Porto Alegre. O partido é mencionado nas denúncias de desvios e irregularidades na companhia, que devem ser investigados também em CPI da Câmara de Vereadores.

Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira (21), o partido afirma que se desliga da presidência da Procempa “até que estejam concluídas todas as investigações na empresa pública”. O anúncio teria sido comunicado ao prefeito José Fortunati (PDT) pelo próprio presidente da sigla em Porto Alegre, Maurício Dziedricki.

Também nesta tarde, foi noticiada a investigação, pelo Ministério Público, do suposto desvio de quase R$ 500 mil da companhia para a campanha eleitoral do ano de 2012 na cidade.
Com informações do Correio do Povo

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email