App criado por estudantes promove empoderamento feminino nos negócios

“O protótipo do nosso aplicativo foi desenvolvido para ajudar corporações a se conectarem com mulheres empresárias para fazerem negócio entre si. Permitimos que eles registrem seus negócios e façam o primeiro contato baseado nos resultados de buscas feitas por meio de alguns filtros específicos como setores da indústria ou certificações da empresa”, explicou Brenda ao site do Capes

“O protótipo do nosso aplicativo foi desenvolvido para ajudar corporações a se conectarem com mulheres empresárias para fazerem negócio entre si. Permitimos que eles registrem seus negócios e façam o primeiro contato baseado nos resultados de buscas feitas por meio de alguns filtros específicos como setores da indústria ou certificações da empresa”, explicou Brenda ao site do Capes
“O protótipo do nosso aplicativo foi desenvolvido para ajudar corporações a se conectarem com mulheres empresárias para fazerem negócio entre si. Permitimos que eles registrem seus negócios e façam o primeiro contato baseado nos resultados de buscas feitas por meio de alguns filtros específicos como setores da indústria ou certificações da empresa”, explicou Brenda ao site do Capes (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Infomoney - Tendo como objetivo divulgar e impulsionar os negócios comandados por mulheres em todo o mundo, o aplicativo Empowerit, criado pelas estudantes Brenda Miranda e Marcela Alvez, foi finalista no evento WVEF Tech Challenge deste ano. Trata-se de uma plataforma que facilita a compra e venda de produtos e serviços de mulheres.

“O protótipo do nosso aplicativo foi desenvolvido para ajudar corporações a se conectarem com mulheres empresárias para fazerem negócio entre si. Permitimos que eles registrem seus negócios e façam o primeiro contato baseado nos resultados de buscas feitas por meio de alguns filtros específicos como setores da indústria ou certificações da empresa”, explicou Brenda ao site do Capes. Embora o vencedor do desafio tenha sido um grupo queniano, o app das estudantes recebeu uma menção honrosa no evento.

“Mais para frente, buscaremos não só oferecer suporte para que as mulheres consigam manter os seus negócios por meio das parcerias formadas, mas também alimentá-las com informações sobre capacitação e gerenciamento dos seus negócios”, continuou Brenda, comentando sobre as futuras novas funcionalidades do app. que também incluem tecnologias que o tornarão acessíveis para mulheres com difícil acesso à internet 3G.

O WVEF Tech Challenge, que ocorreu nos dias 2 e 3 de setembro deste ano, é um evento voltado para ajudar as corporações a identificar as administradoras e donas de negócios em todo o mundo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247