CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Asfalto chega para 80 municípios goianos

Programa Rodovida Urbano do governo estadual prevê investimentos de R$ 116 milhões; parceria com prefeituras agiliza obras que vão cobrir 13 milhões de metros quadrados; Agetop prioriza fiscalização na execução dos serviços para garantir qualidade do asfalto

Asfalto chega para 80 municípios goianos (Foto: Ângela Scalon/Goiás Agora)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Goiás Agora _ Desde fevereiro deste ano, o programa Rodovida Urbano do governo estadual está reconstruindo e revitalizando as ruas e avenidas das cidades goianas. Há obras em andamento em 60 cidades e, em outras 20, a nova pavimentação urbana foi concluída. O investimento estadual supera os R$ 116,8 milhões e está reconstruindo 13 milhões de metros quadrados de asfalto dentro dos municípios.

A população das cidades beneficiadas começa a perceber a melhora em ruas e avenidas. O mecânico Robson Sebastião, 47 anos, comemorou o início das obras em Guapó. “É ótimo. Tinha muito buraco, agora está melhorando. Esse asfalto é muito antigo. Antes apenas tapavam os buracos e agora está sendo feito esse recapeamento completo”, afirma. Serão reconstruídos no município 253 mil metros de pavimento urbano e investidos R$ 2 milhões na recuperação dessas vias do município.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

De acordo com o secretário de Articulação Política de Goiás, Sérgio Cardoso, a população de todas as regiões do Estado será beneficiada pelo Rodovida, seja por meio doRodovida Urbano ou dos programas Reconstrução ou Manutenção. Somente na vertente do programa que recupera e reconstrói a malha asfáltica urbana 132 cidades estão com obras licitadas.

“A responsabilidade de recuperar o asfalto na área urbana é dos municípios, mas o Governo de Goiás decidiu ajudá-los nessa tarefa. O benefício é para o cidadão, que mora em uma cidade com infraestrutura adequada e ainda valoriza seu imóvel”, afirma Cardoso. Ele ressalta que a durabilidade do asfalto é influenciada por uma série de fatores como o peso dos veículos, chuvas, entre outros. “Aqui estamos recuperando e dando mais vida ao asfalto”, pontua. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A contrapartida exigida pelo Estado é que as prefeituras cuidem dos meios-fios. O fiscal da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Chevro Borges Silva, esclarece que o meio-fio funciona como uma proteção para esse asfalto e que pequenas fissuras nele pode afetar toda a estrutura do pavimento. Um pequeno pedaço de 20 centímetros, por exemplo, facilita a infiltração de água e auxilia na abertura de buracos na pista.

Chevro acrescenta que antes da licitação para a recuperação desse asfalto é realizado um estudo técnico no local. É avaliada a condição desse pavimento e definida a melhor maneira de reconstruí-lo. Esse procedimento, aliado à fiscalização das obras em andamento, garante a qualidade do serviço. “Em alguns locais estamos passando várias camadas de micro revestimento. O objetivo é que esse asfalto dure no mínimo mais 10 anos”, explica.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O secretário de Articulação Política informa que a administração pública não pode se limitar a pavimentar a rua. “Nós estamos asfaltando, mas mostramos que esse asfalto também deve ser recuperado cotidianamente”, alerta. Ele complementa que também é papel da prefeitura cuidar da cidade. É o momento do município aproveitar o asfalto novo e arrumar os canteiros, meios-fios e praças.

Rodovida

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O programa Rodovida é regido sob um novo conceito de manutenção de estradas. Prevê a realização de atividades de conservação rotineira e periódica, de obras emergenciais, reparos e execução de pontes e bueiros, sinalização e adequação de rodovias não pavimentadas.

Ele é subdividido em Rodovida Reconstrução, Rodovida Manutenção e Rodovida Urbano. O Reconstrução trata da malha rodoviária pavimentada e faz sua reconstrução, restauração e revitalização. O Manutenção é responsável pela conservação de toda a malha viária do Estado. Ele está em processo final de licitação e substituirá o programa 3ª Via. E por sua vez, o Urbano é um programa de governo municipalista por excelência. Ele visa contribuir com as prefeituras para fazer a revitalização da malha urbana dos municípios.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Agetop está terminando as obras dos trechos de Araçu-Avelinópolis, Uruana-Entrada para a GO-156 e Anápolis-Gameleira, que fazem parte doRodovida Construção. O programa permite que as obras de pavimentação dos trechos rodoviários iniciados em gestões anteriores sejam retomadas. Na GO-154, trecho Araçu-Avelinópolis, a Agência conclui a construção de 19 quilômetros de pavimento. GO-156, são construídos 22,4 quilômetros, e na GO-437, trecho Anápolis-Gameleira, a Agetop pavimenta 35,3 quilômetros. Até o final do programa, 384,9 quilômetros de novas rodovias serão construídas em Goiás.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO