Assembleia debate situação da Operação Carro-Pipa

A Assembleia Legislativa debate nesta segunda (29) a atual situação da Operação Carro-Pipa e as condições de trabalho dos motoristas de caminhões-pipa no Estado. Para a deputada Rachel Marques (PT), uma das solicitantes do evento, "a discussão desse tema é de fundamental importância para o Ceará, uma vez que o abastecimento hídrico de várias cidades do Interior está sendo feito por meio de carros-pipa, e, caso os mesmos, por algum motivo, venham a parar os seus serviços, grande parte da população cearense irá entrar em estado de calamidade pública por falta de água potável"

A Assembleia Legislativa debate nesta segunda (29) a atual situação da Operação Carro-Pipa e as condições de trabalho dos motoristas de caminhões-pipa no Estado. Para a deputada Rachel Marques (PT), uma das solicitantes do evento, "a discussão desse tema é de fundamental importância para o Ceará, uma vez que o abastecimento hídrico de várias cidades do Interior está sendo feito por meio de carros-pipa, e, caso os mesmos, por algum motivo, venham a parar os seus serviços, grande parte da população cearense irá entrar em estado de calamidade pública por falta de água potável"
A Assembleia Legislativa debate nesta segunda (29) a atual situação da Operação Carro-Pipa e as condições de trabalho dos motoristas de caminhões-pipa no Estado. Para a deputada Rachel Marques (PT), uma das solicitantes do evento, "a discussão desse tema é de fundamental importância para o Ceará, uma vez que o abastecimento hídrico de várias cidades do Interior está sendo feito por meio de carros-pipa, e, caso os mesmos, por algum motivo, venham a parar os seus serviços, grande parte da população cearense irá entrar em estado de calamidade pública por falta de água potável" (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - A atual situação da Operação Carro-Pipa e as condições de trabalho dos motoristas de caminhões-pipa no Estado do Ceará serão tema de audiência pública na Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (29), às 9h. O evento atende a requerimento dos deputados Rachel Marques (PT) e Carlos Felipe (PCdoB), em conjunto com a Câmara Federal, e acontece no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

De acordo com a deputada Rachel Marques, os principais pontos a serem debatidos no encontro dizem respeito à irregularidade no pagamento dos valores acordados, o montante pago por quilômetro percorrido pelo veículo e a ineficiência do sistema via satélite (GPS) instalado nos carros, para fazer o monitoramento das distâncias percorridas por eles.

Ainda segundo a parlamentar, uma das principais reclamações dos “pipeiros” é de que os equipamentos de GPS não funcionam em todos os locais a que os carros têm acesso, fazendo o registro da distância percorrida apenas do ponto no qual passa a ter sinal de transmissão, fato que está acarretando muitos prejuízos.

“A discussão desse tema é de fundamental importância para o estado do Ceará, uma vez que o abastecimento hídrico de várias cidades do Interior está sendo feito por meio de carros-pipa, e, caso os mesmos, por algum motivo, venham a parar os seus serviços, grande parte da população cearense irá entrar em estado de calamidade pública por falta de água potável”, assinala Rachel Marques.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247