CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Associação pede suspensão da venda de leite no RS

A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) informou que está orientando as empresas associadas a não venderem leite UHT das marcas Parmalat e Líder, da Lácteos Brasil (LBR); isso porque há suspeita de que os produtos foram produzidas com matéria-prima contaminada com formaldeído; houve adulteração de 300 mil litros de leite cru

Imagem Thumbnail
A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) informou que está orientando as empresas associadas a não venderem leite UHT das marcas Parmalat e Líder, da Lácteos Brasil (LBR); isso porque há suspeita de que os produtos foram produzidas com matéria-prima contaminada com formaldeído; houve adulteração de 300 mil litros de leite cru (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Rio Grande do Sul 247 - A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) informou nesta quinta-feira (20) que está orientando as empresas associadas a não venderem leite UHT das marcas Parmalat e Líder, da Lácteos Brasil (LBR). Isso porque há suspeita de que os produtos foram produzidas com matéria-prima contaminada com formaldeído. O presidente da entidade, Antônio Cesa Longo, disse, por meio de nota, a medida estará em vigor "enquanto houver dúvidas sobre quais são os lotes adulterados". Houve adulteração de 300 mil litros de leite cru. A denúncia ocorrei na semana passada pelo Ministério Público (MP-RS).

Leia mais na matéria do Valor.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO