Atlético e Cruzeiro perdem posições no ranking de faturamento

Responsvel pela queda foi o Vasco da Gama, segundo novo levantamento feito pela consultoria BDO, com base nos balanos oficiais. Cruzeiro caiu do 8 para o 9 lugar; Galo, do 9 para o 10. Corinthians segue lder

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Os times mineiros não tiveram um bom 2011, e não apenas dentro de campo. Enquanto suas equipes lutavam para não cair para a segunda divisão - o que só foi possível ser evitado nas duas rodadas finais do Campeonato Brasileiro -, suas receitas cresciam bem aquém dos outros clubes brasileiros. Resultado: Cruzeiro e Atlético encerraram o ano passado com posição pior no ranking de maiores faturamentos.

O levantamento é da BDO RCS Auditores Independentes e foi feito com base nos balanços publicados pelos clubes. Em 2011, a receita total do Cruzeiro foi de R$ 128,7 milhões, incluindo a transferência de atletas. Sem incluir este último quesito, o faturamento foi de R$ 99,1 milhões - a receita sem venda de jogadores é importante, já que, com a crise internacional, estima-se que cada vez menos dinheiro será obtido dessa forma pelos times brasileiros. No caso cruzeirense, a receita incluindo transferências aumentou 27% em relação a 2010. Sem as vendas de atletas, a alta recuou para 19%. Nos últimos cinco anos, a receita total cruzeirense aumentou 66%.

O Atlético-MG encontra-se uma posição abaixo do grande rival. Encerrou o ano passado com receita de R$ 99,8 milhões, mas, sem as transferências, o faturamento foi de R$ 77,1 milhões. O crescimento total da receita do Galo em 2011 foi de 7%, só que, sem incluir as vendas de jogadores, houve queda, também de 7%, comparado a 2010. Nos últimos cinco anos, a receita total do alvinegro mineiro teve evolução de 71%.

O algoz dos dois clubes mineiros no ranking foi o Vasco da Gama, que teve um ótimo 2011 - venceu a Copa do Brasil e foi vice-campeão brasileiro. Com isso, o time carioca aumentou sua receita total em 63% - para R$ 136,6 milhões -, pulando do 10º para o 9º lugar no levantamento. Sem a rubrica transferência de atletas, o crescimento foi ainda maior, de 78%.

Confira abaixo os 20 clubes brasileiros com maior receita em 2011 (em R$ milhões):

1 Corinthians SP 290.489

2 São Paulo SP 226.063

3 Internacional RS 198.212

4 Santos SP 189.113

5 Flamengo RJ 185.005

6 Palmeiras** SP 148.114

7 Grêmio RS 143.303

8 Vasco da Gama RJ 136.591

9 Cruzeiro MG 128.692

10 Atlético MG 99.801

11 Fluminense RJ 80.174

12 Coritiba PR 66.577

13 Botafogo RJ 59.544

14 Figueirense SC 40.712

15 Vitória BA 34.234

16 Portuguesa SP 29.153

17 São Caetano Ltda SP 25.342

18 GR Barueri(Prudente) SP 21.383

19 Goiás GO 17.101

20 Ponte Preta SP 16.319

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247