Atlético vive expectativa de tricampeonato inédito

Equipe enfrenta o Gois s 16 horas deste domingo, no Serra Dourada, pela final do Campeonato Goianiense

Site Oficial do Atlético Goianiense - Depois de uma semana intensa de treinamentos, o Atlético encerrou na manha deste sábado a sua preparação para a primeira partida diante do Goiás, válido pela grande decisão do Goianão. O embate está marcado para às 16 horas, no Estádio Serra Dourada.

Destaque da goleada por 8 a 0 diante do Crac, o meia Elias, que marcou três gols neste jogo, disse que esta partida já é passado. Segundo ele, os olhos do elenco atleticano estão todos voltados para o duelo deste domingo.

Para buscar o tricampeonato estadual inédito em sua história, Elias espera que a torcida rubro-negra possa comparecer e apoiar o time. "Contamos com a presença de todos os torcedores, que eles possam ir ao Serra e nos apoiar. Numa final, é muito importante o jogador olhar para a arquibancada e sentir a confiança deles no nosso time", ressaltou.

O zagueiro Paulo Henrique é outro que quer ver o estádio cheio. Ele não esquece a final do Goianão de 2006, quando Atlético e Goiás também decidiram o título. Naquele dia, Paulo Henrique viu um espetáculo nas arquibancadas.

"Aquela final para mim ficou bastante marcada. O Atlético vinha de uma segunda divisão e disputou o título de igual para igual. Ficou marcado também a nossa torcida naquela final, que nos apoiou de forma incondicional. Espero que nossa torcida compareça e possa nos apoiar da mesma forma que em 2006", recorda.

Em jogos decisivos como o deste domingo, Paulo Henrique costuma se preparar de forma diferente. "Em partidas normais, me concentro um dia antes. Nesta final, eu venho me concentrando desde o começo da semana", garantiu. "Me cuido bastante tanto do corpo como da mente, para que nada possa me atrapalha dentro de campo", completou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247