Ato em SP contra Temer e pelas diretas reúne artistas e manifestantes

Milhares de manifestantes estão reunidos neste domingo 4 em protesto contra Michel Temer e em defesa de eleições diretas para a escolha do novo presidente da República; "Vamos derrubar esse sistema que só mata a gente na ponta", convocou Emicida. "Eu incomodo porque dizer a verdade incomoda", completou o rapper

diretas
diretas (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 - Milhares de manifestantes estão reunidos neste domingo 4 em protesto contra Michel Temer e em defesa de eleições diretas para a escolha do novo presidente da República.

A manifestação acontece no Largo da Batata, zona oeste da capital paulista. O ato é acompanhado por shows de diversos gêneros, como rap e MPB.

"A bandeira da democracia é nossa, é dos trabalhadores, é do povo", discursou Chico César, primeiro a cantar hoje. "O Brasil quer escolher seu presidente e, se possível, já", bradou.

"Vamos derrubar esse sistema que só mata a gente na ponta", convocou Emicida. "Eu incomodo porque dizer a verdade incomoda", completou o rapper.

"Acho que contra esse pacote de maldades e contra esse governo totalmente corrupto, todo mundo denunciado, provas, gravações, fitas, esse país de dedo duro que o País virou. Tem que fazer uma limpeza. Acho que quanto mais alto for o grito, mais importante ele vai ser, vai sair de uma bolha pra atingir toda a população, pra gente tirar esse presidente. Novas eleições", disse o músico Edgard Scandurra, da banda Ira.

Já passaram pelo palco os cantores Criolo, Rael, Chico César, Edgar Scandurra, Emicida, Otto, Paulo Miclos, Péricles, Pitty, Simoninha, Tulipa Ruiz e Maria Gadú. Também se apresentaram os blocos de carnaval Tarado Ni Você e Acadêmicos do Baixo Augusta. Mano Brown também está na programação e irá encerrar o show pelas diretas. 

Foto e vídeo: Mídia Ninja

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247