Audiência pública discute implantação do BRT

Os processos licitatórios para implantação do corredor expresso de ônibus na região Sul de Palmas serão debatidos nesta sexta-feira, a partir das 18h30, na Câmara Municipal; serão apresentados os termos básicos do Edital de Licitação pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que abrangerá a regularização ambiental, projeto básico, projeto executivo e execução das obras de implantação e dos serviços de inteligência do Sistema de Transporte BRT; avaliação dos imóveis que terão que ser derrubados para permitir a implantação do sistema tem gerado preocupação entre os moradores

Os processos licitatórios para implantação do corredor expresso de ônibus na região Sul de Palmas serão debatidos nesta sexta-feira, a partir das 18h30, na Câmara Municipal; serão apresentados os termos básicos do Edital de Licitação pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que abrangerá a regularização ambiental, projeto básico, projeto executivo e execução das obras de implantação e dos serviços de inteligência do Sistema de Transporte BRT; avaliação dos imóveis que terão que ser derrubados para permitir a implantação do sistema tem gerado preocupação entre os moradores
Os processos licitatórios para implantação do corredor expresso de ônibus na região Sul de Palmas serão debatidos nesta sexta-feira, a partir das 18h30, na Câmara Municipal; serão apresentados os termos básicos do Edital de Licitação pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que abrangerá a regularização ambiental, projeto básico, projeto executivo e execução das obras de implantação e dos serviços de inteligência do Sistema de Transporte BRT; avaliação dos imóveis que terão que ser derrubados para permitir a implantação do sistema tem gerado preocupação entre os moradores (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - A audiência pública que marca o início do processo licitatório do Sistema de Transporte BRT (Bus Rapid Transit) da Capital acontece na próxima sexta-feira, 27, na Câmara Municipal de Palmas, a partir das 18h30.

Segundo informações da Prefeitura de Palmas, serão apresentados os termos básicos do Edital de Licitação pelo Regime Diferenciado de Contratação – RDC, que abrangerá a regularização ambiental, projeto básico, projeto executivo e execução das obras de implantação e dos serviços de inteligência do Sistema de Transporte BRT na Região Sul de Palmas.

Técnicos da Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (SMAMTT), do Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas e da Secretaria de Finanças debaterão sobre a modalidade da licitação, critério de julgamento, condições de participação, habilitação técnica, elementos da proposta técnica e sua pontuação, critérios de aceitabilidade dos preços, prazos e etapas de execução, obrigações da contratada, fiscalização dos serviços e obras, condições de pagamento, reajuste de preços e recebimento dos objetos.

A audiência é aberta à população, mas tem como público alvo empresários do setor de construção civil, infraestrutura viária e tecnologia. Após a explanação do assunto, haverá um momento aberto ao público, que poderá se manifestar com perguntas sobre os termos do edital da licitação. Para o secretário da SMAMTT, Christian Zini, a iniciativa irá dar maior publicidade e transparência ao projeto, que promete revolucionar o transporte público de Palmas.

Debate
Na sessão da Câmara de Palmas de quarta-feira, 25, os vereadores debateram sobre o impacto da obra na Capital. Claudemir Portugal (PPS) expôs preocupação em relação à avaliação dos imóveis que terão que ser derrubados para permitir a implantação do sistema.

O parlamentar afirmou que realizou reuniões com as famílias que moram nas áreas que serão afetadas pelo BRT. Além do valor das indenizações, o vereador enfatizou a angústia que o processo está causando a centenas de famílias que serão obrigadas a abandonar suas casas. “O sentimento de pertencer a uma comunidade, a história da vizinha, isso não tem preço”, destacou.

BRT

Segundo a prefeitura, o projeto do BRT foi dividido em duas partes: Palmas Centro e Palmas Sul, que consiste na implantação de uma sistemática de transporte com operação regulada por sistema de planejamento, gestão e controle operacional inteligente, circulando em faixa exclusiva e segregada, estações localizadas nos canteiros centrais das avenidas, com embarque em nível e pagamento antecipado nas estações

O edital que será lançado em breve contempla o BRT Palmas Sul, composto por regularização ambiental, implantação de 18 estações de passagem, 01 Terminal Urbano em Taquaralto e 01 Terminal Metropolitano, entre a Av. LO-27 e Av. NS-10, próximo à rodoviária. A extensão total do Corredor BRT Palmas Sul é de 15,45km. Serão executados ainda, 2,7km de abertura de via com faixa exclusiva na Av. NS-10, ligando o Terminal Metropolitano ao corredor BRT.

Complementa o projeto a execução de duas pontes destinadas à circulação do BRT,pedestres, ciclistas e demais veículos, um elevado que permitirá a transposição da Avenida Teotônio Segurado para a Vila Olímpica, de uso exclusivo do BRT e de ciclistas, além de dois viadutos. Este trecho contará ainda com a construção de 25 km de calçadas acessíveis e 7,58km de ciclovias ao longo do corredor.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247