Axé Brasil vai voltar para o Mineirão

Um dos maiores shows de música baiana do país, que estava ocorrendo no Independência, voltará ao maior estádio mineiro, em 12 e 13 de abril. Os ingressos já estão sendo vendidos, mas os nomes que vão se apresentar ainda não foram confirmados

Axé Brasil vai voltar para o Mineirão
Axé Brasil vai voltar para o Mineirão
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Axé Brasil voltará este ano para o Mineirão após a realização de duas edições no Mega Space, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. A produtora do evento confirmou a informação nesta segunda-feira (14).

As atrações do festival ainda serão anunciadas, mas elas subirão ao palco em 12 e 13 de abril. Os bilhetes para a folia já estão à venda. O passaporte para os dois dias na pista está R$ 85 (meia) e R$ 170 (inteira). Já quem quiser um lugar no Espaço Skol terá que desembolsar R$ 160 (meia) e R$ 320 (inteira) para aproveitar os shows de todos os artistas que irão se apresentar no Axé Brasil.

A edição de 2012 contou com shows de Timbalada, Banda Eva, Chiclete com Banana, Ivete Sangalo, Cheiro de Amor, Parangolé, Alexandre Peixe, Tomate, Asa de Águia, Claudia Leitte, Tuca Fernandes e Psirico.

Axé Brasil 15 anos

Data e local: 12 e 13 de abril / Mineirão.

Ponto de venda: Ingresso Rápido – Shopping 5º Avenida (rua Alagoas, 1314 – Loja 27C – Funcionários – BH). Horário de funcionamento: segunda à sexta das 10 às 19 horas ou, no sábado, das 10 às 16 horas.

Classificação: 14 anos.

Informações: (31)  3284–7447 ou 4003-1212.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email