Ayres volta a cobrar DPE sobre repasses ao Igeprev

Em virtude do não cumprimento a contento pela Defensoria Pública do Tocantins à solicitação de informações, o deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) fez novo pedido na sessão desta terça-feira, 18; requerimento do parlamentar, em caráter de urgência, diz respeito, por exemplo, ao não recolhimento de contribuições previdenciárias dos servidores ao Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev); Ayres também voltou a pedir a relação nominal dos defensores públicos do Estado do Tocantins, especificando os valores pagos mensalmente a cada um, entre os meses de janeiro de 2014 até a data de apresentação de resposta ao requerimento

Em virtude do não cumprimento a contento pela Defensoria Pública do Tocantins à solicitação de informações, o deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) fez novo pedido na sessão desta terça-feira, 18; requerimento do parlamentar, em caráter de urgência, diz respeito, por exemplo, ao não recolhimento de contribuições previdenciárias dos servidores ao Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev); Ayres também voltou a pedir a relação nominal dos defensores públicos do Estado do Tocantins, especificando os valores pagos mensalmente a cada um, entre os meses de janeiro de 2014 até a data de apresentação de resposta ao requerimento
Em virtude do não cumprimento a contento pela Defensoria Pública do Tocantins à solicitação de informações, o deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) fez novo pedido na sessão desta terça-feira, 18; requerimento do parlamentar, em caráter de urgência, diz respeito, por exemplo, ao não recolhimento de contribuições previdenciárias dos servidores ao Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev); Ayres também voltou a pedir a relação nominal dos defensores públicos do Estado do Tocantins, especificando os valores pagos mensalmente a cada um, entre os meses de janeiro de 2014 até a data de apresentação de resposta ao requerimento (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - Em virtude do não cumprimento a contento pela Defensoria Pública do Tocantins à solicitação de informações, o deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) fez novo pedido na sessão desta terça-feira, 18.

O requerimento do parlamentar, em caráter de urgência, diz respeito, por exemplo, ao não recolhimento de contribuições previdenciárias dos servidores ao Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev).

Ayres também voltou a pedir a relação nominal dos defensores públicos do Estado do Tocantins, especificando os valores pagos mensalmente a cada um, entre os meses de janeiro de 2014 até a data de apresentação de resposta ao requerimento.

Neste item Ayres também solicita ainda que se incluam informações quanto à verbas remuneratórias e indenizatórias, justificando a razão pela qual tais valores não são apresentados no Portal da Transparência, em um único local, de forma clara e acessível à população.

"A resposta apresentada pela instituição foi completamente insatisfatória, surgindo a necessidade de que seja enviado novo expediente", destaca Ayres na solicitação.

Leia também: Ayres quer informações sobre "farra de dinheiro" na Defensoria

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email