Azeredo: ‘que Deus ilumine os desembargadores’

O ex-governador de Minas Gerais e ex-presidente nacional do PSDB, Eduardo Azeredo, está na iminência de ser preso; os recursos de segunda instância do seu processo serão finalizados na próxima semana; Azeredo deposita em Deus sua fé na sua absolvição: “eu espero que Deus ilumine os desembargadores”; ele acredita que sua condenação pelo chamado mensalão mineiro que data de 1998 é uma compensação pela sentença de petistas no caso do mensalão petista, de 2005

Eduardo Azeredo
Eduardo Azeredo (Foto: Gustavo Conde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-governador de Minas Gerais e ex-presidente nacional do PSDB, Eduardo Azeredo, está na iminência de ser preso. Os recursos de segunda instância do seu processo serão finalizados na próxima semana. Azeredo deposita em Deus sua fé na sua absolvição: “eu espero que Deus ilumine os desembargadores”. Ele acredita que sua condenação pelo chamado mensalão mineiro que data de 1998 é uma compensação pela sentença de petistas no caso do mensalão petista, de 2005.

O ex-governador de Minas e ex-presidente nacional do PSDB Eduardo Azeredo poderá ser preso na próxima semana, após finalizados os recursos à condenação em segunda instância no chamado mensalão mineiro. Os embargos infringentes, última apelação antes da execução penal após a sentença da 9.ª Câmara Criminal de Belo Horizonte, serão analisados no dia 24. Azeredo poderá ser o primeiro preso da versão tucana do mensalão.”

Leia mais aqui.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247