Bezerra Coelho evita comentar novas denúncias

Aps participar de reunio no Palcio do Planalto, ministro da Integrao Nacional disse aos jornalistas que estaria disponvel para responder as perguntas sobre denncias amanh, quando falar no Congresso

Bezerra Coelho evita comentar novas denúncias
Bezerra Coelho evita comentar novas denúncias (Foto: Ueslei Marcelino/ REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tentando demonstrar tranquilidade apesar da situação delicada em que se encontra, o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, evitou comentar hoje as recentes denúncias envolvendo sua Pasta. Segundo o jornal "Folha de S.Paulo", a empresa de um amigo e correligionário de Bezerra Coelho foi escolhida para firmar um contrato de R$ 4,2 milhões com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), vinculada à Integração Nacional.

"Eu vou ao Congresso amanhã, pediria a sua compreensão e a dos demais, que todas essas perguntas relativas a essas matérias de supostas denúncias em relação à minha pessoa, eu terei tempo e estarei no local adequado não só para responder aos representantes do povo brasileiro lá no Congresso, mas após as minhas explicações, também estarei à disposição de toda a imprensa", afirmou Bezerra Coelho aos jornalistas, após participar de reunião no Palácio do Planalto para tratar de enchentes.

Bezerra Coelho deve falar amanhã à Comissão Representativa do Congresso Nacional, após o jornal "O Estado de S.Paulo" revelar que Pernambuco, seu Estado de origem, foi o principal destino de verbas do Ministério comandado por ele, em obras de prevenção e preparação de desastres naturais. O ministro também evitou responder se descarta concorrer à Prefeitura de Recife neste ano para se manter no cargo. "Essa questão eu respondo quando for ao Congresso", repetiu.

Leia mais: Novos casos de nepotismo atingem Fernando Bezerra

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email