Bezerra diz que conta com confiança de Dilma

Ministro da Integrao Nacional disse hoje estar "tranquilo" no cargo apesar da sucesso de denncias envolvendo sua gesto frente da pasta e na Prefeitura de Petrolina, em Pernambuco.

Bezerra diz que conta com confiança de Dilma
Bezerra diz que conta com confiança de Dilma (Foto: Ueslei Marcelino/ REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, disse hoje estar "tranquilo" no cargo, apesar da sucessão de denúncias envolvendo sua gestão à frente da pasta e na Prefeitura de Petrolina (PE). Bezerra Coelho deve falar à comissão representativa do Congresso Nacional na quarta-feira (11).

Ainda hoje, em nota divulgada por sua assessoria, o ministro disse ter sido induzido a "erro" ao justificar a compra de um mesmo terreno duas vezes, na época em que era prefeito, segundo denúncia de hoje da Folha de S.Paulo.

"Se não contasse com a confiança e apoio da presidente, não estaria nessa solenidade", afirmou Bezerra Coelho, que participou hoje de reunião com a presidente Dilma Rousseff e outros ministros para definir providências diante das fortes chuvas que castigam o Sudeste do País.

"Estamos tranquilos, nenhuma dessas denúncias irá prosperar, nunca prosperou uma denúncia em relação a minha pessoa, nunca tive nenhuma conta rejeitada. O Tribunal de Contas aprovou todas as contas."

Ao final da entrevista coletiva o ministro evitou dizer se pretende concorrer à Prefeitura de Recife neste ano. "Eu te respondo na quarta-feira", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email